Fortaleza, Quarta-feira, 08 Dezembro 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Augusta Brito ressalta projeto que institui política de atenção a órfãos do feminicídio - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 14 Outubro 2021 11:00

Augusta Brito ressalta projeto que institui política de atenção a órfãos do feminicídio

Avalie este item
(0 votos)
Deputada Augusta Brito Deputada Augusta Brito Foto: Edson Júnio Pio
A deputada Augusta Brito (PCdoB) ressaltou, durante o primeiro expediente da sessão plenária presencial e remota da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (14/10), o projeto de indicação, de autoria dela, que institui a Política Estadual de Proteção e Atenção Integral aos Órfãos do Feminicídio no Estado.

De n°394/21, a proposta é voltada para a promoção de atenção multissetorial de crianças e adolescentes cujas mães ou responsáveis legais foram vítimas de crime de feminicídio. “Essa política estadual compreende a promoção de direitos à assistência social, psicológica, saúde, alimentação, assistência jurídica, entre outros”, explicou.

A parlamentar assinalou que, por semana, são registrados até 359 casos de violência doméstica no Estado. “Fora as mulheres que não denunciam. Então achamos que esse número é bem maior. Em três anos de atendimento, por exemplo, a Casa da Mulher Brasileira registrou que 102 mil mulheres foram atendidas. É um número altíssimo e é triste saber que ainda é um tipo de violência crescente”, disse.

Augusta Brito solicitou a compreensão dos parlamentares para a aprovação da proposta, que visa proteger crianças e jovens vítimas de ambientes com violência doméstica.

A deputada parabenizou ainda o governador Camilo Santana, que sancionou lei autorizando a aquisição e distribuição de absorventes íntimos higiênicos a estudantes da rede pública estadual. “Parabéns ao nosso governador, que foi na contramão do presidente Jair Bolsonaro. Enquanto Camilo Santana garante a dignidade a essas jovens, o presidente veta a distribuição gratuita de absorventes íntimos”, criticou.

A necessidade de debater mais o tema da pobreza menstrual e buscar ações de proteção às mulheres e meninas carentes foi defendida pela parlamentar. “A cada quatro meninas que faltam aula, pelo menos uma relata que não foi porque não tinha dinheiro para comprar absorvente. É preciso dar dignidade a essas meninas”, frisou.

Em aparte, o deputado Apóstolo Luiz Henrique (Progressistas) parabenizou a proposta da parlamentar que visa uma política de proteção aos órfãos. “Precisamos proteger e auxiliar aqueles que mais necessitam”, afirmou.

GM/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 143 vezes Última modificação em Quinta, 14 Outubro 2021 14:17

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500