Fortaleza, Sábado, 27 Fevereiro 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Agenor Neto denuncia prefeitura de Iguatu por falta de repasses a hospital - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 03 Dezembro 2020 16:06

Agenor Neto denuncia prefeitura de Iguatu por falta de repasses a hospital

Avalie este item
(0 votos)
Dep. Agenor Neto ( MDB ) Dep. Agenor Neto ( MDB ) Foto: Junior Pio
O deputado Agenor Neto (MDB), na ordem do dia da sessão plenária desta quinta-feira (03/12/20) da Assembleia Legislativa, denunciou a prefeitura de Iguatu por falta de repasse dos recursos destinados aos leitos de UTI para o Hospital Filantrópico Dr. Agenor Araújo.
 
Segundo o parlamentar, devido a pandemia da Covid 19, foram instalados em Iguatu, na região centro sul do Estado, 30 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Foram 10 leitos no Hospital Regional de Iguatu, 10 leitos no Hospital São Vicente, que é uma unidade particular, e mais 10 leitos no Hospital Filantrópico Dr. Agenor Araújo. "Infelizmente, por motivação política, os recursos que o Governo Federal e o Governo do Estado destinaram para a prefeitura de Iguatu para serem repassados para o Hospital Dr. Agenor Araújo não chegaram ao hospital", informou.
 
Agenor Neto disse que esses recursos foram repassados em outubro pelo Governo Federal e Governo do Estado e até agora não chegaram ao hospital filantrópico. "Esses 10 leitos de UTI vão ser fechados este mês", declarou. 
 
O deputado disse que para os outros hospitais os recursos destinados para o custeio dos leitos de UTI foram repassados.   
 
O parlamentar acrescentou que os leitos de UTI não servem apenas para Iguatu, mas para toda a região centro-sul e para o Estado do Ceará, porque se tiver vaga qualquer paciente do Ceará pode ser internado no Hospital Agenor Araújo.
 
De acordo com o deputado, o hospital declarou que vai fechar as portas por causa de uma perseguição política promovida pela atual gestão municipal de Iguatu. 
 
Agenor Neto pediu o apoio do governador Camilo Santana (PT) e do secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto, para que o hospital possa receber o que é seu de direito pelos serviços prestados em meses anteriores. "O hospital não recebeu um centavo do Governo Federal nem do Governo do Estado que já depositaram o dinheiro, mas a prefeitura de Iguatu não repassa os recursos", reiterou. 
 
Agenor Neto também pediu o apoio da Comissão de Seguridade Social  e Saúde (CSSS) da Assembleia Legislativa para intermediar a questão e da imprensa para expor o que está acontecendo no município de Iguatu. "Faço um apelo em prol das vidas humanas da região centro-sul, do município de Iguatu e do Estado do Ceará", afirmou.
 
O deputado também informou que às 15h desta quinta-feira, haverá um debate no Ministério Público Estadual sobre o tema.
 
WR/CG
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 579 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

O trabalho remoto deve ser adotado de forma definitiva?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500