Fortaleza, Sábado, 29 Fevereiro 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Qual é o Tom do Ceará apresenta o cantor e compositor Berg Meneses - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Campanha Mãos
Sexta, 31 Janeiro 2020 10:00

Qual é o Tom do Ceará apresenta o cantor e compositor Berg Meneses

Avalie este item
(0 votos)
O programa Qual é o Tom do Ceará, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), recebe neste sábado (01/02), às 12h, o cantor e compositor Berg Menezes.

Ele é natural de Recife, Pernambuco. O artista migrou para Fortaleza aos oito anos de idade e começou a aprender música com o pai, no cavaquinho e no violão, e ouvindo as histórias da escola de samba de agricultores da carnavalesca Várzea Alegre, no Ceará.

Em 1995 o artista ingressou na Orquestra de Sopro do Colégio Piamarta, em Fortaleza, onde ficaria por alguns anos tocando saxofone. No ensino médio,  que cursou no então Centro Federal de Educação Profissional e Tecnológica do Ceará (Cefet/CE), começou a estudar violão e canto, tendo concluído o curso Técnico em Música. Tempos depois decidiu cursar a graduação em Música durante o período em que atuou na sua primeira banda, a Relicário.

A banda ficou ativa por cinco anos, de 2006 à 2011, tendo se apresentado em casas de show em Fortaleza e em alguns programas de TV. Berg lançou dois EPs, um DVD e um videoclipe.

Durante a faculdade, Berg Menezes formou em 2012 a banda “Os Coadjuvantes”, atuante até 2015 e que também rendeu apresentações, videoclipes e um EP.

Em 2013 e 2014 lançou também dois EPs solo, “Imperfeito” e “Vagabundo”, produzidos de maneira independente e com perfis bem diferentes da sonoridade que iria mais tarde caracterizar seu som.

Em 2016 lançou seu primeiro álbum, “Pedra”, produzido pela Mocker Discos e por ele próprio. O disco sintetizou a carreira do compositor com gêneros bem variados mas com um pé firme na sonoridade noventista.

Ainda em 2016 lançou o álbum  “Pedra” que circulou em festivais na cidade como o Ponto.CE, Garage Sounds, UFC de Cultura, e venceu na categoria “Melhor Banda” o festival Noia do Audiovisual em 2016.

No ano seguinte, o artista participou do tributo nacional à banda mineira Pato Fu chamado “O mundo ainda não está pronto”, gravando a canção “Um ponto oito”.

Em 2018, gravou o segundo álbum com o título “Qual é a sua Revolução?”, onde falou dos dualismos da existência e das revoluções internas e externas a que somos chamados a fazer parte. E no mesmo ano participou ainda do tributo ao cantor Guilherme Arantes, chamado “Das verdades que eu sabia”, cantando a faixa “Meu mundo e nada e mais”.

O programa Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados, a partir das 12h, com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes. A reprise é apresentada nas quartas-feiras, às 23h.

LV/CG
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 266 vezes

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você concorda com proposta que altera lei dos royalties de petróleo, redistribuindo parte dos recursos do pré-sal conforme desempenho dos estados e municípios no Ideb?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500