Fortaleza, Sexta-feira, 22 Outubro 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Setembro Amarelo promove entrega de laços e Plantão Acolhedor - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 08 Setembro 2021 12:16

Setembro Amarelo promove entrega de laços e Plantão Acolhedor

Avalie este item
(0 votos)
Campanha Setembro Amarelo movimenta a Assembleia Legislativa Campanha Setembro Amarelo movimenta a Assembleia Legislativa Foto: José Leomar
Duas ações alusivas à campanha Setembro Amarelo movimentaram a Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (08/09) - o Plantão Acolher Amarelo e a entrega de laços e folders a parlamentares, servidores e público externo em visita à Casa. As atividades ocorreram de forma simultânea, pela manhã, dando continuidade à atuação da AL na conscientização sobre medidas necessárias para a prevenção ao suicídio.

Projeto do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS) da Casa, o Plantão Acolher Amarelo iniciou, a partir desta quarta-feira, atendimento no Comitê de Imprensa, com quatro psicólogas. Ampliado, passa ser realizado todos os dias úteis da semana, a partir deste mês, na sede do DSAS, no anexo III, Edifício Deputado Francisco das Chagas Albuquerque. “No momento, é exclusivo para o servidor da Assembleia e seus dependentes, por conta da pandemia de Covid-19, mas, posteriormente, estará aberto à comunidade”, adianta Rejane Sales, coordenadora do Núcleo de Saúde Mental do DSAS.

LAÇOS

Na entrega de laços amarelos e folders, no hall de acesso ao Plenário 13 de Maio, a presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental, deputada Érika Amorim (PSD), ressaltou que é importante a Casa atuar em articulação com as mobilizações nacionais em torno da saúde mental.

"Nós tivemos momentos realmente difíceis, em que a saúde mental está sendo desafiada dia após dia. Por isso, é importante estimular o debate sobre o assunto, para que se tenha uma compreensão sobre os sinais. Muitas pessoas sentem dificuldades de falar sobre os sentimentos, especialmente os homens. Mas a gente busca trazer à consciência esses sinais, para que os familiares, amigos e pessoas que estão próximos possam perceber e oferecer a sua escuta afetiva de fato", assinalou.

A parlamentar acentuou que também deve ser estimulada a procura de um profissional para fazer o acolhimento e avaliar o estado da pessoa. A iniciativa é conjunta do Núcleo de Saúde Mental, DSAS e Frente Parlamentar em Defesa da Saúde.

ATENDIMENTO

A orientadora da Célula de Psicologia, Maria da Conceição Guerra Martins, observa que o Plantão Psicológico já atuava com sucesso na sede do DSAS. Agora, com o apoio do Núcleo de Saúde Mental, irá além. “O plantão será também para informações e retirada de dúvidas possíveis sobre saúde mental. Posteriormente, vamos formar um grupo psicoeducativo, com roda de conversas sobre o luto pós-suicídio", acrescenta Conceição Guerra. O grupo será chamado de "Você se foi e Eu fiquei".

Para a coordenadora do Núcleo de Saúde Mental, Rejane Sales, o movimento Setembro Amarelo deveria ser desenvolvido o ano todo, pela premência do tema prevenção a suicídio. "Mas temos este momento como uma bandeira, porque precisamos falar de saúde mental, no sentido de conscientizar servidores, ampliar informações para que tenhamos formas de ajudar quem precisa", pontua. Ela acentua que, muitas vezes, as pessoas não falam o que sentem e provocam o suicídio, por ser essa uma prática com muitas motivações.

"Muitas vezes as pessoas elencam o suicídio como resultante de depressão. Mas não é só isso. Ele está ligado a transtornos, perdas e outros fatores. Então é preciso que os servidores atentem para pessoas que podem estar próximas e adoecidas. Por isso, esse movimento é importante, no sentido de conscientizar e acolher quem precisa. Nesse sentido, estamos realizando o plantão Setembro Amarelo", afirma.

A psicóloga Raquel Penaforte, que participa do atendimento aos servidores no Comitê de Imprensa, reforça que o plantão é uma parceria do Núcleo de Saúde Mental com a Célula de Psicologia do DSAS. "Ele vai funcionar todas as quartas-feiras durante o mês de setembro, para quem buscar o atendimento, das 9h às 13h. Posteriormente, também haverá plantão na sede do departamento, voltado aos servidores", adianta. Ela explica que é uma ação emergencial, e não um procedimento terapêutico de longa duração. "Será a primeira sessão e depois haverá mais três retornos", frisa.

AGENDA

Para esta quinta-feira (09/09), está prevista a realização da Blitz da Saúde Mental. A atividade será realizada nas esquinas das avenidas Pontes Vieira com Desembargador Moreira e rua Barbosa de Freitas. Na sexta-feira (10/09), acontece a solenidade do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Os setores envolvidos solicitam aos servidores da Casa que participem da atividade com roupas de cores branca ou amarela.

Da Redação/com Comunicação Interna

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 312 vezes Última modificação em Quarta, 08 Setembro 2021 14:13

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500