Fortaleza, Segunda-feira, 16 Mai 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Direitos das mulheres e da população LGBT+ são debatidos em Novo Oriente - QR Code Friendly
Quarta, 08 Dezembro 2021 21:38

Direitos das mulheres e da população LGBT+ são debatidos em Novo Oriente

Avalie este item
(0 votos)
Direitos das mulheres e da população LGBT+ são debatidos em Novo Oriente fOTO: Máximo Moura
Os direitos das mulheres e da população LGBTQIA+ foram destaque na segunda etapa de palestras desta quarta-feira (08/12) na Assembleia Itinerante em Novo Oriente. Uma das ações contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Evandro Leitão (PDT), e da procuradora Especial da Mulher na AL, deputada Augusta Brito (PCdoB).

No auditório da Itinerante, montado na praça da igreja matriz de São Francisco de Assis, integrantes do projeto do município De Mãos Dadas por Maria e a população presente acompanharam palestra ministrada pela equipe da Procuradoria Especial da Mulher (PEM) da Assembleia, que destacou os direitos das mulheres, o combate à violência de gênero e os equipamentos e serviços públicos que a Casa disponibiliza e podem dar suporte aos municípios do interior.

O presidente Evandro Leitão destacou a importância das ações que a PEM vem desenvolvendo no Legislativo e em intervenções em municípios do interior, levando informações sobre o direito das mulheres, debatendo assuntos necessários para o combate da violência contra as mulheres e o feminicídio. “Precisamos estar sempre dialogando, pois é através dessa provocação que nós iremos fortalecer aquelas que, em algum momento, se tornam fragilizadas e não têm forças para enfrentar situações de violência. Queremos dar as condições para que vocês, através do fortalecimento, possam combater algumas situações. Não é fácil, há muito machismo, mas estamos firmes e juntos para que isso acabe”, disse.

A procuradora Augusta Brito chamou a atenção para a necessidade de incluir mais os homens nos debates sobre violência contra as mulheres, pois “a pauta não é apenas das mulheres”, mas sim um “problema” de toda a sociedade. A parlamentar enfatizou também a importância da campanha Laço Branco, que objetiva sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher, com base em ações educativas. “É preciso incluir os homens nessa desconstrução, pois 95% das agressões cometidas contra nós mulheres são feitas pelos homens. Então, se a gente não falar com eles, se não conversarmos para desconstruí-los, a gente não vai conseguir acabar com essa violência”, enfatizou.

O auditório recebeu também a campanha “Ceará de todes!”, da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Ceará (SPS), que tratou do tema “Diálogo sobre políticas LGBT+ e seus avanços no Ceará”. De acordo com o coordenador especial de Políticas Públicas para LGBT+ da SPS, Narciso Júnior, é de suma importância o trabalho de interiorização da política pública LGBT, saindo da capital e levando a estrutura, com apoio da Assembleia Itinerante, para os municípios mais distantes.

“Essas palestras vêm para dialogar com a sociedade daquele município e daquela região. Ela é ainda específica para apresentar para a prefeitura do município e para a população acerca do que é essa estrutura governamental que o Poder Executivo oferta para os LGBTs, como a Coordenadoria e o Centro Estadual de Referência para a População LGBT Thina Rodrigues, e como as pessoas podem ter acesso a esses serviços”, explicou o coordenador.

Narciso Júnior revelou ainda os frutos das ações da coordenadoria nas assembleias itinerantes já realizadas. Segundo ele, “planta-se” uma semente para que o município possa ampliar o olhar para as políticas públicas voltadas para a população LGBT+, pois ele é corresponsável por essa atenção.

“Muitos movimentos que não existiam são criados depois que deixamos essa semente plantada. Um exemplo é São Benedito, que hoje já está pensando em criar uma associação. Os profissionais da assistência já querem que a gente volte lá com uma formação maior, de um dia. Então, cada vez mais vamos avançando através do diálogo e da sensibilização das instituições públicas municipais, também para uma política pública para a população LGBT que seja mais justa e igualitária”, enfatizou.

A secretária de Trabalho e Assistência Social de Novo Oriente, Nirla Thays Sampaio, reconheceu que a cidade tem muito a avançar nas políticas voltadas para a população LGBTQIA+. Conforme assegurou a secretária, a pasta e o município estão dispostos a evoluir e buscar formas de dar o suporte necessário para essas pessoas.

MEIO AMBIENTE

A programação à tarde contou ainda com ações da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), como a palestra sobre educação ambiental e coleta seletiva ministrada pelo educador ambiental Genário Azevedo, da Coordenadoria de Educação Ambiental da Sema.

Também foi realizado o encontro de gestores do consórcio público de manejo dos resíduos sólidos da região do sertão dos Crateús, que contou também com a presença de catadores, professores, participantes do programa Jovem Ambiental e de secretários de Meio Ambiente dos municípios de Novo Oriente, Ipaporanga, Ararendá, Ipaporanga, Ararendá, Crateús e Independência.

GS/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 323 vezes Última modificação em Quinta, 09 Dezembro 2021 13:33

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500