Fortaleza, Terça-feira, 26 Setembro 2017

Pesquisar

Processo virtual


Projetos

Publicações

Eventos e Destaques

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Segunda, 25 Setembro 2017 09:29

Brasilidade

O programa Brasilidade deste domingo (24/09) rende homenagens ao Trio de Ouro, criado por Herivelto Martins, em 1937, quase acidentalmente. Na época, ele formava com Nilo Chagas a Dupla Preto e Branco.Nilo Chagas havia substituído o primeiro parceiro de Herivelto Martins, Francisco Sena, que tinha morrido no ano anterior. Dalva de Oliveira e Herivelto Martins se conheceram no Teatro Pátrias e logo iniciaram um relacionamento.Certa vez, ao a ensaiar vocalizações com Dalva de Oliveira, na busca de algo diferente, a dupla foi ouvida pelo compositor Príncipe Pretinho que se entusiasmou pelo resultado e os incentivou a prosseguir.Inicialmente, o trio reunia Herivelto Martins, nascido na cidade fluminense de Engenheiro Paulo de Frontin, em 30 de janeiro de 1912 e falecido no Rio de Janeiro, em 17 de setembro de 1992; Nilo Chagas, natural de Barra do Piraí, Rio de Janeiro, nascido em 1917, que morreu no Rio de Janeiro, em 1973, e Dalva de Oliveira.Dalva nasceu no dia 5 de maio de 1917, em Rio Claro, interior de São Paulo e morreu no dia 31 de agosto de 1972. no Rio de Janeiro.No começo, o trio se apresentou como Dalva de Oliveira e Dupla Preto e Branco. Em 1937, o grupo foi levado pelo Príncipe Pretinho para a gravadora RCA Victor. O primeiro disco foi lançado com a batucada Itaquari e a marcha Ceci e Peri, ambas de Príncipe Pretinho, com acompanhamento do grupo Boêmios da Cidade.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.
Segunda, 25 Setembro 2017 09:25

Abluesando

O cantor e compositor BB King, uma das maiores expressões do blues, é destaque do programa Abluesando, desta sexta-feira (22/09). Em pauta, a atração vai apresentar o lado mais "romântico" do artista, trazendo composições num ritmo mais lento, "Slow Blues".Na trilha desta edição do programa serão apresentadas músicas com solos de guitarra capazes de mostrar toda a genialidade do guitarrista norte-americano. Mesmo sem recursos de efeito (pedais e sintetizadores), o músico fazia de sua guitarra (apelidada por ele de Lucille) a extensão de seus sentimentos.Para que o ouvinte possa viajar pela obra mais melancólica do gênio musical nascido no Mississipi, serão revisitadas, no programa, canções como “You’re Gonna Miss Me”, “Your Letter”, “Strange Things”, “I’m King”, “Sweet Little Angel” e “When My Hearts Beats Like A Ham”.O Abluesando vai ao ar às sextas-feiras, a partir das 20h, com produção e apresentação do jornalista Robério Lessa.

Vídeo relacionado

Sexta, 22 Setembro 2017 11:27

Gonzagando

O programa Gonzagando, desta quinta-feira (21/09) destaca o trabalho de companhias de teatro e de dança que se inspiram em Luiz Gonzaga para apresentações. É o caso do espetáculo Romeu e Julieta – Do Mandacaru ao Buriti, apresentado pela Trupe de Teatro Buriti, que conta o romance de um dos casais mais conhecidos da história, por meio da leitura de cordel, tendo o pandeiro como elemento condutor. A diretora de dramaturgia do espetáculo, Nélida Prado, afirma que "é possível existir um ponto em comum entre o Rei do Baião, e um dos maiores dramaturgos de todos os tempos, William Shakespeare". O cancioneiro é alternado pela representação de cinco pontos originais da obra de Shakespeare. Foram selecionadas cenas fortes do espetáculo, como a da morte e a do encontro entre as duas famílias e a briga. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio,  Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 21 Setembro 2017 07:15

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais desta quarta-feira (20/09) vai relembrar o Terceiro Festival Internacional da Canção, que ocorreu em setembro de 1968. Um dos momentos mais marcantes foi durante a apresentação da música de Caetano Veloso "É Proibido Proibir", com  interpretação do artista e do grupo Os Mutantes, que é  vaiada pela plateia do festival. Já a música “Sabiá”, dos cariocas Chico Buarque e Tom Jobim e com interpretação de Cynara e Cylene, é declarada vencedora, o que deixa o público inconformado, pois a preferida era “Pra Não Dizer Que Não Falei de Flores”, de Geraldo Vandré, que fica na segunda colocação. Outras composições premiadas no evento foram “Andança”, de Edmundo Souto, Danilo Caymmi e Paulinho Tapajós e com participação de Beth Carvalho e Golden Boys; “Passaralha”, de autoria de E. Krieger com Grupo 004; e “Dia de Vitória”, de Marcos Valle (intérprete) e Paulo Sérgio Valle. O Sons dos Festivais apresenta também composições e interpretações dos músicos David Duarte, Zé Ramalho, Tavinho Limma, Kico Zamarian, Leci Brandão, Lulu Santos, dupla Régis e Rogério e da Banda Rivera.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h. A reprise acontece aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 19 Setembro 2017 13:38

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, desta segunda-feira (18/09) apresenta a coletânea “My Way (The Best of Frank Sinatra)”.Lançado em 1986 pela Reprise Records, o disco reúne 24 clássicos da carreira de do cantor, como “Strangers In The Night”, “Moon River”, “What Now My Love”, “For Once In My Life” e “Come Fly With Me”.No quadro Música de Cinema, destaque para “The Way You Look Tonight”, tema do filme “O casamento do meu melhor amigo”, na voz de Tony Bennett, e a canção “Sooner Or Later”, do filme “Dick Tracy”, interpretada por Madonna.Sinatra e Amigos vai ao ar nas segundas-feiras, a partir das 20h, com produção e apresentação do jornalista Renato Abreu.

Vídeo relacionado

Segunda, 18 Setembro 2017 13:03

Brasilidade

O programa Brasilidade deste domingo (17/09) rende homenagens aos cantores Cascatinha e Inhana - primeira dupla caipira formada por marido e mulher no Brasil. Cascatinha era o apelido de Francisco dos Santos, que nasceu em Araraquara, no interior de São Paulo, em 20 de abril de 1919. Já Ana Eufrosina da Silva Santos, a Inhana, nasceu em Araras, também no interior de São Paulo, no dia 28 de março de 1923.Em 1954, a dupla recebeu a Medalha de Ouro da Revista Equipe e passou a ser conhecida como Os Sabiás do Sertão, pelos recursos vocais e agradáveis nuances desenvolvidas. A voz soprano de Inhana é considerada uma das mais perfeitas do Brasil.A dupla Cascatinha e Inhana gravou 34 discos 78 RPM (com 68 músicas) e cerca de 30 LP’s, tanto na Todamérica como também na Continental.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 18 Setembro 2017 12:49

Abluesando

O programa Abluesando desta sexta-feira (15/09) traz alguns dos grandes representantes do swamp blues. Entre as canções de destaque do programa estão "Whispering Smith", "Jimmy Anderson", "Slim Harpo" e "Lightnin' Slim".Criado na década de 1950, o swamp blues é um estilo caracterizado por ser um tipo de blues calmo mas ruidoso, em que predominam a guitarra elétrica e uma bateria com o som mais abafado, além de agregar instrumentos pouco convencionais a esse gênero ‒ como o acordeom, harmônica, mandolin, kazoo e jug. Na faixa bônus, o programa apresenta a reinterpretação do clássico "Built For Comfort" ‒ de Willie Dixon ‒ com a banda UFO.O Abluesando vai ao ar às sextas-feiras, a partir das 20h, com produção e apresentação do jornalista Robério Lessa.

Vídeo relacionado

Sexta, 15 Setembro 2017 10:26

Gonzagando

O programa Gonzagando relembra, nesta quinta-feira (14/09), os grandes sucessos na voz da cantora e compositora pernambucana Anastácia. Com 77 anos e 63 de carreira, a ex-esposa de Dominguinhos é dona de mais de 250 sucessos do forró, entre os quais “Tenho Sede” e “Eu Só Quero Um Xodó”. Conhecida como a “Rainha do Forró” e inspiradora de Elba Ramalho e outros artistas, Anástácia é recordista de músicas gravadas no Brasil, com mais de mil obras registradas, sendo mais de 250 gravadas pelo mestre Dominguinhos.Sucessos de Anastácia podem ser conferidos nas vozes de Luiz Gonzaga, Gilberto Gil, Dominguinhos, Nana Caymmi, Marinês, Nara Leão, Elba Ramalho, Emílio Santiago, Ângela Maria, Gal Costa, Zeca Baleiro, Fagner, Fala Mansa, Trio Nordestino, Quinteto Violado, Zizi Possi e Alcione, dentre outros.Atualmente a artista está em turnê pela Europa, com o espetáculo Anastácia – 63 Anos de Forró Pé de Serra e MPB, acompanhada pelo grupo musical composto de sanfona, zabumba e triângulo. Neste mês, Anastácia lança o disco “Daquele Jeito”, com participações de Zeca Baleiro, Alcione, Fagner, Fafá de Belém, Diego Figueiredo, Trio Xamego e outros. A artista relança, ainda em outubro, a segunda edição de seu livro biográfico escrito juntamente com a jornalista Lêda Dias, no qual conta a trajetória artística com Venâncio e Corumbá, Luiz Gonzaga, Marinês e Dominguinhos.Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 14 Setembro 2017 12:39

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais, desta quarta-feira (13/09), apresenta canções do Festival MPB Shell 82, realizado pela TV Globo entre os meses de março e setembro de 1982. A grande final do festival foi transmitida em 11 de setembro, diretamente do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro.Entre os 24 finalistas estavam nomes como Sá e Guarabyra, Emílio Santiago, Leny Andrade, Almir Sater, Quinteto Violado, Raíces de América, Jane Duboc, Flávio Venturini, Altay Veloso, Elza Soares, Nana Caymmi, Cauby Peixoto, Nara Leão e Jessé. Mais de 25 mil músicas foram inscritas no Festival, que teve seis eliminatórias. Sons dos Festivais apresenta também composições e interpretações de Alceu Valença,Fagner, Jorge Vercillo, Ruthe Glória, Edinho Vilas Boas, Gonzaguinha, Mira Maya, Ana Paula Silva, entre outros. Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o programa vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Quinta, 14 Setembro 2017 12:37

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos desta segunda-feira (11/09) destaca dois shows realizados em Nova York. Um deles em junho de 1984, no Carnegie Hall, e outro em junho de 1990, no Radio City Music Hall.O produtor e apresentador da atração, Renato Abreu, vai relembrar as versões ao vivo de grandes clássicos do músico registrados nessas duas apresentações. Entre elas, “Fly me to the moon”, “Luck be a lady”, “My way”, “Teach me tonight”, “Summer wind” e “New York, New York”.Renato Abreu também revisitará a canção “Je T’aime... moi non plus”, dos franceses Jane Birkin e Serge Gainsbourg. De acordo com o apresentador, a composição foi banida pelo Vaticano e proibida de ser executada em mais de 50 países. Tal fato, ainda de acordo com Abreu, só fez crescer o sucesso da composição.O programa Sinatra e Amigos é transmitido todas as segundas-feiras, a partir das 20h, com reprises aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Página 1 de 85

Recadastramento

Portal do Servidor

Comitê / Frente

Enquete

Como acabar com as cracolândias e outros pontos de venda de drogas nas cidades?


 

  29ª Legislatura - Assembléia Legislativa do Ceará                                                                                    Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500