Fortaleza, Sábado, 15 Dezembro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Sexta, 14 Dezembro 2018 12:32

Gonzagando

O programa Gonzagando desta quinta-feira (13/12) destaca os 106 anos do nascimento do mestre da sanfona Luiz Gonzaga, no dia 13 de dezembro de 1912. Como é de costume, na terra natal do cantor, a cidade de Exu, e muitas outras pernambucanas comemoram a data. O programa vai reviver a história do homenageado. Luiz Gonzaga do Nascimento, compositor, cantor e instrumentista, aprendeu a tocar sanfona com o pai, o sanfoneiro Januário, que se apresentava em bailes e, nas horas vagas, consertava sanfonas. Gonzaga se consagrou como ícone da música brasileira e morreu em 1989, deixando um grande legado de composições.  A canção Asa Branca, feita em parceria com Humberto Teixeira, é uma das mais conhecidas e se tornou um clássico. Em  homenagem ao Reio do Baião, em 13 dezembro é celebrado o Dia Nacional do Forró. A data foi  instituída por meio de um projeto de lei aprovado na Câmara dos Deputados em 2004 e se tornou lei em 2005. Com produção de Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio,  Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 13 Dezembro 2018 13:21

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais  apresenta, nesta quarta-feira (12/12),  as composições vencedoras do Festival da Música de Fortaleza. Promovido pela prefeitura da Capital, a final ocorreu no último sábado (08/12), no novo Teatro São José, e teve como vencedor o cantor Tom Drummond, com a composição “Menino Bonito”. Ao todo, foram inscritas 359 composições inéditas de 16 Estados, mais o Distrito Federal. Desse total, 12 trabalhos foram selecionados para a grande final e gravados no CD do festival. As músicas receberam arranjos do maestro e violonista Tarcísio Sardinha e acompanhamento de uma banda base. O cearense Tom Drummond, grande vencedor da noite, recebeu prêmio no valor de R$ 30 mil, além da oportunidade de se apresentar no Réveillon deste ano da Capital. O segundo lugar, com prêmio R$ 10 mil, ficou com a cantora e compositora de Roraima, Euterpe, que apresentou a música “Sete Mergulhos no Mar”. O terceiro colocado foi o artista de Itapipoca Álcio Barroso, com a canção “A Culpa”, que levou R$ 5 mil. Além da premiação, o Festival da Música de Fortaleza também realizou homenagem póstuma ao cantor Rossé Sabadia. Como forma de agradecimento e reconhecimento ao trabalho artístico prestado pelo cantor à cena cultural de Fortaleza, um dos troféus da premiação foi entregue à família do músico. Sons dos Festivais, que acompanhou todas as etapas do certame, também destaca entrevistas com o secretário Municipal de Cultura, Gilvan Paiva, artistas do Festival da Música de Fortaleza e apresenta músicas e interpretações que marcaram outros festivais pelo Brasil. Produzido por Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, Sons dos Festivais  vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 11 Dezembro 2018 12:05

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos  recorda, nesta segunda-feira (10/12), o artista Sammy Davis Júnior, amigo de Frank Sinatra. O cantor e dançarino nasceu em 8 de dezembro de 1925, em Nova York, nos Estados Unidos. Sammy foi frequentemente anunciado como o "maior artista vivo do mundo". O cantor era conhecido como alguém que podia fazer de tudo, como dançar, tocar instrumentos, atuar, fazer stand-up e também por seu humor autodepreciativo. O artista estrelou o musical da Broadway "Golden Boy" na década de 1960. Inicialmente, foi um sucesso, mas posteriormente surgiram tensões internas, problemas de produção e más críticas, que resultaram em seu fechamento. Sammy Davis Júnior tornou-se ainda mais famoso como um dos Rat Pack, grupo de artistas de roda livre que incluiu Dean Martin, Frank Sinatra, Joey Bishop e Peter Lawford. Davis morreu de câncer na garganta aos 64 anos, em 16 de maio de 1990. O programa apresenta ainda canções natalinas cantadas por Sinatra e seus filhos: Nancy, Tina e Frank Jr. Sinatra e Amigos é transmitido todas as segundas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos sábados, às18h.
Segunda, 10 Dezembro 2018 11:28

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (09/12), rende homenagens ao produtor, compositor e cantor carioca Aloysio de Oliveira. O músico nasceu no dia 30 de dezembro de 1914, no bairro do Catete, no Rio de Janeiro, e morreu em quatro de fevereiro de 1995, em Los Angeles (EUA). Quando adolescente, Aloysio participou do conjunto vocal e instrumental Bando da Lua. Viajou para os Estados Unidos, acompanhado por Carmem Miranda, onde começou a trabalhar com Walt Disney em trilhas sonoras como consultor, narrador de documentários e dublador de desenhos. Depois de 17 anos nos Estados Unidos, Aloysio voltou ao Brasil em 1956, assumindo o cargo de diretor-artístico da Odeon, no Rio de Janeiro. Trabalhou também no programa Se a Lua Contasse, ao lado de Aurora Miranda e Vadico, na rádio Mayrink Veiga. Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise nas terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 10 Dezembro 2018 11:25

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará?, apresenta, neste sábado (08/12), o bandolinista, compositor, pesquisador e professor Jorge Cardoso. Autodidata, Jorge iniciou sua trajetória musical ainda na adolescência, com o choro e, posteriormente, dedicou-se ao bandolim, tendo como mestres Elismar Pontes, Marco César e Ugo Orlandi. Em 2008, formou-se em bandolim clássico no Conservatório Giuseppe Verdi, na Itália, com o maestro Orlandi. Na época, integrou a Orquestra Città di Brescia de bandolins e violões. Com interesse especial pela música brasileira instrumental, Jorge Cardoso deu aulas de choro e bandolim popular brasileiro. O músico possui mestrado em Musicologia na Universidade de Brasília, doutorado em Educação e tem pesquisa com foco na música popular brasileira. A relação com a rica sonoridade do bandolim rendeu discos, participações em shows e em mais de 20 discos de outros artistas, além de participações em festivais em diferentes países. Jorge Cardoso também é arquiteto e funcionário dos Correios. O Qual é o Tom do Ceará? vai ao ar aos sábados, a partir das 12h, com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes. A reprise acontece nas quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 10 Dezembro 2018 11:24

Abluesando

O programa Abluesando apresenta, nesta sexta-feira (07/12), o trabalho do guitarrista, cantor e compositor Johnny Copeland. Natural do estado de Louisiana, o guitarrista pertenceu a segunda geração do blues elétrico e conciliava a carreira de músico com a de boxeador profissional. Copeland fez nome no Texas, onde ganhou o apelido “Texas Twister” ou “Furacão Texano”.Nos anos 1960, Johnny Copeland aprimorou o dedilhado na guitarra elétrica, durante a convivência com grandes figuras do “Texas Blues”, como Joe Guitar Hughes, com o qual formou a banda “The Dukes of Rhythm”. Na década de 1980 o músico foi para Nova York e conseguiu contrato com a gravadora “Rounder Records”. No decorrer da carreira, Copeland gravou sete álbuns com a mesma gravadora e recebeu um Grammy, em 1986, pelo álbum “Showdown!”, gravado com o guitarrista texano Albert Collins e o estreante Robert de Cray. O compositor fez apresentações até a morte, em 1997, relacionada a complicações cardíacas. O Abluesando é produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa e vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Sexta, 07 Dezembro 2018 12:11

Gonzagando

O programa Gonzagando, desta quinta-feira (06/12), apresenta o CD Baião Brasil Forró Music, do cantor e compositor Denis Ferreira, lançado em 2010. O disco reúne músicas dos parceiros Eduardo Krieger, Leo Fernandes, além de Lan Franco Ferrario e Massimo Grili, Luiz Gonzaga e Zé Dantas, Geraldo Azevedo, Dominguinhos e Zé Ramalho. Denis Ferreira e Eduardo Krieger fizeram parte do grupo Forró Paratodos criado no Rio de Janeiro em Maio de 1997. A formação se completava com Chico Ceará, no Acordeon; Fabrício Signorelli, na guitarra e voz; Lucas Amorim no Triângulo, percussão e voz e Fábio Luna. O álbum apresenta apenas um sucesso de Luiz Gonzaga e de Zé Dantas, a música Vem Morena, mas merece destaque  por destacar a participação dois músicos no cenário do baião brasileiro. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 06 Dezembro 2018 12:37

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais, desta quarta-feira (05/12), às 20h, apresenta as 12 canções finalistas do Festival da Música de Fortaleza. Promovido pela Prefeitura de Fortaleza, o festival reúne  músicos de todas as regiões do Brasil e diferentes ritmos, como samba, tango, forró e rock. A última etapa do evento será neste sábado, 8 de dezembro, no novo Teatro São José, com entrada gratuita. Nas duas fases eliminatórias, realizadas nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, foram selecionadas 30 canções.  Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, Sons dos Festivais vai ao ar às quartas, às 20h. A reprise acontece aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 04 Dezembro 2018 13:30

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos apresenta, nesta segunda-feira (03/12), sucessos do cantor, compositor, maestro e produtor musical norte-americano Barry White.Também em destaque o álbum My Way, em que o cantor norte-americano  Willie Nelson homenageia Frank Sinatra, amigo pessoal dele. O disco foi lançado em setembro pela Legacy Recording e é o 68º da carreira do cantor e compositor de música country, escritor, ator, poeta e ativista. No álbum, Willie Nelson reúne 11 canções de Sinatra, entre as quais, “My Way”, “A Foggy Day”, “Fly Me to the Moon”, “It Was a Very Good Year”, “Summer Wind” e “Night and Day”. Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o Sinatra e Amigos vai ao ar às segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 03 Dezembro 2018 12:32

Brasilidade

Neste domingo (02), o programa Brasilidade reverencia a obra do cantor, compositor e ativista de movimentos sociais Candeia. Nascido no Rio de Janeiro, em 1935, desde a infância frequentou rodas de samba e de choro organizadas pelo pai. Aprendeu a tocar violão e cavaquinho e começou a compor com apenas 13 anos. Em 1953, com 20 anos, Candeia escreveu o primeiro samba-enredo para a Portela. A escola foi campeã no Carnaval daquele ano, com nota máxima em todos os quesitos. Candeia entrou para a Polícia Civil aos 22 anos, mas não teve carreira longa. Aos 30 anos, durante uma abordagem, levou cinco tiros e ficou paralítico. A aposentadoria precoce o levou a se dedicar ainda mais à música. A vida e a carreira do músico também foram marcadas pelo ativismo e relação com entidades do Movimento Negro. Em 1975, fundou o Grêmio Recreativo de Arte Negra Escola de Samba Quilombo, que tinha como propostas defender o samba autêntico e desenvolver um centro de pesquisa voltado para o estudo da arte negra. A escola recebeu artistas como Clara Nunes, João Nogueira, Guilherme de Brito e Paulinho da Viola. Candeia teve uma vida e uma carreira intensas, interrompidas em novembro de 1978, quando o artista morreu, aos 43 anos. Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise nas terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Página 1 de 102

Portal do Servidor

Enquete

Como você pretende utilizar o 13º salário?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500