Fortaleza, Terça-feira, 16 Outubro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Segunda, 15 Outubro 2018 14:43

Brasilidade

O programa Brasilidade da rádio FM Assembleia (96,7MHz) homenageia, neste domingo (14/10), a cantora carioca Ângela Maria, “a eterna Rainha do Rádio das décadas dos 1950 e 1960”. Conforme os produtores da atração, Fátima Abreu e Ronaldo César, Ângela Maria chegou a ser eleita por unanimidade, em pesquisa do Ibope, a cantora mais popular do Brasil.Conhecida por suas interpretações, principalmente sambas-canções, a cantora também gravou boleros, tangos e versões de baladas e músicas espanholadas e italianas. Ao longo da carreira, foram mais de 100 discos, entre 78 RPM, LPs e CDs.Em 2017, gravou pelo selo Biscoito Fino o álbum Angela Maria e as canções de Roberto & Erasmo, no qual interpretou as composições Você em minha vida, Sua estupidez e Sentado à beira do caminho.Neste 2018, às vésperas de completar 90 anos, apresentou na Sala Municipal Baden Powell, no bairro de Copacabana, o espetáculo Angela Maria e as canções de Roberto e Erasmo. Recebeu duas indicações ao Prêmio da Música Popular por esse trabalho: a de melhor álbum na categoria canção popular pelo CD Canções de Roberto e Erasmo, e o de melhor cantora pelo mesmo disco.Ângela Maria morreu no último dia 29 de setembro, aos 89 anos. Com apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 23h

Vídeo relacionado

Segunda, 15 Outubro 2018 14:42

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará da rádio FM Assembleia (96,7MHz) recebe neste sábado (13/10), às 12h20, o cantor e compositor Régis Sousa.  Ele apresenta o novo CD, intitulado "Gente". O trabalho foi gravado ao vivo no Parque Rio Branco, no bairro Joaquim Távora, em Fortaleza. No repertório, Régis canta músicas do irmão Ednardo e de Evaldo Gouveia. O programa recorda ainda os 30 anos de carreira do artista.Durante a trajetória musical, Régis Sousa gravou cinco CDs. Ele é de uma família de artistas e sempre cantou ao lado do irmão gêmeo Rogério Soares. Além disso, a dupla participou do projeto "Massafeira Livre".Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados, a partir das 12h20, após a propaganda eleitoral, com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes. A reprise é apresentada nas quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 15 Outubro 2018 14:41

Abluesando

O programa Abluesando, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), desta sexta-feira (12/10), destaca a trajetória da cantora americana Koko Taylor, conhecida como a "Rainha do Blues".Nascida Cora Walton, no estado de Tennessee, Estados Unidos, a artista ganhou o apelido de Koko por causa da paixão por chocolate. Ela iniciou a carreira musical, na década de 1950, cantando em clubes de blues na cidade americana de Chicago. O contato com o compositor Willie Dixon levou Koko a fazer grandes performances e a fechar o primeiro contrato de gravação.A primeira grande gravadora dela foi a Chess Records, com quem assinou contrato, em 1965, e por onde lançou a canção "Wang Dang Doodle", composta por Willie Dixon e Howlin Wolf. Com o hit, a cantora chegou a  vender um milhão de cópias.Koko Taylor participou de festivais, como o American Folk Blues Festival, e cantou ao lado de grandes nomes do gênero musical, como o gaitista Little Walter e o guitarrista Hound Dog Taylor. Ao longo da carreira, ela conquistou 29 Blues Music Awards e um Grammy Award em 1984. A cantora morreu, em 2009, após complicações em uma cirurgia.Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 20h

Vídeo relacionado

Quinta, 11 Outubro 2018 17:04

Sons dos Festivais

A trajetória do grupo musical e instrumental MPB4, que celebra este ano 53 anos de carreira, é atração do programa Sons dos Festivais, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), desta quarta-feira (10/10).Considerado o grupo vocal padrão no universo da música popular brasileira contemporânea, a Banda foi criada em Niterói (RJ), e contou com Miltinho, Magro, Aquiles e Ruy Faria na sua primeira formação.Os principais gêneros musicais do grupo MPB4 são o samba e a MPB, com um repertório marcado por composições de personalidades da MPB, como Noel Rosa, Milton Nascimento, Chico Buarque, João Bosco, Paulo César Pinheiro, Aldir Blanc, Vinícius de Moraes e Tom Jobim.A formação do grupo ocorreu quando Aquiles, Magro, Ruy e Miltinho integravam o Centro Popular de Cultura, afiliado à União Nacional dos Estudantes (UNE).Os músicos têm uma aptidão musical diferenciada, embora tenham sido influenciados pelo grupo vocal “Os Cariocas”. Em 1965, resolvem ser músicos profissionais e viajam para São Paulo, onde entram em contato com artistas como Chico Buarque, Nara Leão, Sidney Miller, Quarteto em Cy, entre outros.A parceria com o músico Chico Buarque durou aproximadamente dez anos. Um dos maiores destaques nessa década são as músicas "Quem Te Viu, Quem Te Vê" e "Roda Viva", ambas de 1967. Além disso, ganharam espaço também nos famosos festivais de música, produzidos pela Rede Record. O programa traz ainda composições e interpretações de Gonzaguinha, Banda Renegados, Priscila Ribeiro, Cauby Peixoto, Cristina Conrado, Dimi Zunquê, Evinha, Alcântara das Luzes, entre outros.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 09 Outubro 2018 14:26

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), desta segunda-feira (08/10), relembra grandes sucessos da música americana na voz de Frank Sinatra.Dentre as canções interpretadas por Sinatra, estão “I Will Drink  the Wine”, “Close to You”, “Sunrise in the Morning”, “Bein Green”, “My Sweet Lady”, “Leaving on a Jet Plane” e “Lady Day”.No quadro música de cinema, o destaque vai para a canção “Strange", tema do filme “Busca Frenética”, interpretada pela cantora Grace Jones.O programa Sinatra e Amigos vai ao ar às segundas-feiras, a partir das 20h, com produção e apresentação do jornalista Renato Abreu.

Vídeo relacionado

Segunda, 08 Outubro 2018 17:32

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará, que vai ao ar na FM Assembleia (96,7MHz) neste sábado (06/10), às 12h, recebe o cantor e compositor Alisson Silva. Formado em  gestão hospitalar, desde cedo, aos oito anos de idade, ele enveredou pela música religiosa por influência da mãe, que o incentivava a cantar na igreja. Seu sonho hoje é gravar um CD.A maior influência musical de Alisson é o padre Zezinho. Embora a preferência musical seja por músicas católicas, ele afirma também gostar de forró.  Atualmente, Alisson canta em casamentos e na igreja Nossa Senhora das Dores, no bairro Otávio Bomfim.Com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes, Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados a partir das 12h. A reprise acontece às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Quinta, 04 Outubro 2018 14:18

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), apresenta, nesta quarta-feira (03/10), às 20h, a carreira artística de Antônio Eudes Fraga de Queiroz. Um dos músicos mais premiados em festivais pelo Brasil afora, Eudes Queiroz conquistou mais de 180 prêmios, incluindo cerca de 60 primeiros lugares e mais de 40 como melhor intérprete.O músico começou a vida profissional no início da década de 80, aqui no Ceará, participando de shows no Projeto Luís Assunção.Em 1982, Eudes Fraga concorreu no II Festival de Música do Povo, aqui em Fortaleza, com a composição “Saudade”. Venceu o festival a canção “Pretexto”, de Peninha e Álcio Barroso.Já em 1984, o artista foi convidado pelo Quinteto Agreste para percorrer o interior do Ceará com o projeto “Aratacanto”. E em 1986, participou do Projeto Pixinguinha, ao lado de Zezé Mota e Rosa Passos. No mesmo ano, apresentou-se no Projeto Pixingão (Sala Funarte – Rio de Janeiro), ao lado de Marcos Valle.Em 1988, em Clevelândia, no Paraná, Eudes Fraga conquistou o primeiríssimo lugar no festival 4ª Cigarra da MPB, com a música "Bailarina" (composição dele e do pernambucano de Recife Dudu Falcão), defendida pelo paraense de Belém Nilson Chaves, também melhor intérpreteEm 1995, o compositor, cantor e violonista cearense lançou seu primeiro CD, “Por Todos os Cantos”. O disco contou com a participação de Geraldo Azevedo, Dominguinhos, Cláudio Nucci, Manassés, entre outros.Já em agosto de 2001, Eudes Fraga, radicado no Pará, foi um dos finalistas, na cidade gaúcha de Santo Antônio da Patrulha, do XV Festival Moenda da Canção, com a composição “Assovio”. Ele compôs a música com Paulo César Pinheiro (nome consagrado nacionalmente). “Assovio” faz parte do CD em comemoração aos 15 anos do festival em Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 02 Outubro 2018 14:22

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), desta segunda-feira (01/10) homenageia o cantor francês Charles Aznavour, que morreu hoje, aos 94 anos. Em mais de 70 anos de carreira, o artista gravou 1.400 canções, em pelo menos oito idiomas.A atração destaca o dueto de Aznavour e Sinatra nas músicas “You Make Me Feel So Young” e “Young at Heart”, além de canções do álbum "Duos", em que o francês canta com nomes como Laura Pausini, Sting, Celine Dion, Julio Iglesias, Elton John, entre outros.O programa também relembra sucessos da atriz e cantora britânica Julie Andrews, que completa 83 anos nesta segunda. Considerada a “eterna Noviça Rebelde”, pelo papel interpretado no icônico filme, que venceu em cinco categorias do Oscar de 1966, a artista será o destaque do especial Música de Cinema desta edição.No quadro, vão ser apresentadas canções como “The Sound of Music”, “My Favourite Things”, “Do Re Mi” e “Edelweiss”.Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o Sinatra e Amigos vai ao ar todas as segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 01 Outubro 2018 17:12

Brasilidade

O programa Brasilidade da rádio FM Assembleia (96,7MHz) apresenta, neste domingo (30/09), o trabalho do cantor e compositor Orlandivo Honório de Sousa. Nascido em 5 de agosto de 1937, Orlandivo é natural da cidade de Itajaí, Santa Catarina, e iniciou a trajetória musical aos seis anos, tocando gaita.Em 1946, o músico foi com a família para o Rio de Janeiro, onde conheceu Paulo Silvino Neto Filho, parceiro de composição dos sambas "Cinderela", "João e Maria" e "Saudade dói demais".  Já em 1958, Orlandivo conquistou o primeiro registro como compositor, com a gravação de "Vem pro samba" e "H2O", por Roberto Carreiras.No início dos anos 1960, o artista passou a fazer parte do conjunto de Ed Lincoln e, como crooner do grupo, apresentou canções autorais em bailes de formatura nos clubes do Rio de Janeiro e em casas noturnas.Em parceira com Roberto Jorge, Orlandivo gravou, em 1962, as canções "Samba no Japão", "Amor quadradinho" e "Vai devagarinho". "Brincando de samba", fruto da parceria com Celso Murilo, foi gravada no mesmo ano.O LP "A chave do sucesso", primeiro disco do artista, cujo título remete à maneira como o músico utilizava um chaveiro como instrumento de percussão, também foi gravado 1962. O álbum reúne as músicas "Chavinha", "Jura-Sinho" e o sucesso "Samba Toff", lançado com exclusividade pela rádio JB.A composição "Tamanco no Samba" foi escrita em parceria com Helton Menezes, gravada por Célia Reis e por Waldir Calmon e orquestra. Ele ainda teve como intérpretes Ed Lincoln, Golden Boys, Conjunto Farroupilha e Humberto Garin.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 01 Outubro 2018 17:11

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará da FM Assembleia (96,7MHz) recebe, neste sábado (29/09), às 12h25, a cantora Micaela Gomes e a percussionista Camila Barros. As duas fazem parte do grupo “Samba da Vadiagem”, cujo objetivo é enaltecer ritmos que antes eram vistos como “vagabundagem”.A idealizadora do grupo, Micaela Gomes, iniciou a carreira no pop-rock. No final dos anos 2000, formou a banda “Singular”, cantando músicas autorais nos eventos que fervilhavam o cenário local da época.Participou de festivais do Ceará, como “Canta Ceará”, “Rock Cordel”, “Centro Cultural Bom Jardim”, “Noite Internacional das Mulheres”, “Hey Ho”, entre outros.Em 2017, Micaela participou do  Dia Nacional do Samba, com apresentações de rodas de cantoras e musicistas sambistas no Mercado dos Pinhões e no Estoril, além de gravações em programas de televisão local, divulgando o novo trabalho de samba autoral, denominado "Samba da Vadiagem".O primeiro CD solo, intitulado “Subliminar”, traz músicas de autoria dela, que desfila sobre o samba de roda, Maracatú e ritmos africanos. As letras são carregadas de espiritualidade, tendo como base o Candomblé.Com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes, Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados, em novo horário, a partir das 12h25, durante o período de propaganda eleitoral. A reprise acontece às quartas-feiras, às 23h

Vídeo relacionado

Página 1 de 99

Portal do Servidor

Eleições 2018

Enquete

Como promover o resgate da cidadania de mais de 130 mil crianças brasileiras de até 10 anos que vivem sem registro de nascimento?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500