Fortaleza, Quarta-feira, 26 Junho 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Segunda, 05 Agosto 2013 11:43

Brasilidade

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
O programa Brasilidade deste domingo (04/08), presta homenagem, ao herdeiro musical do Rei do Baião, Dominguinhos. José Domingos de Moraes começou a tocar sanfona aos seis anos de idade, juntamente com mais dois irmãos, em feiras livres e portas de hotéis do interior de Pernambuco.Com oito anos de idade, conheceu Luiz Gonzaga na porta de um hotel, onde este se apresentava com o trio Os Três Pinguins, formado por ele e mais dois irmãos. Luiz Gonzaga acabou se tornando o seu padrinho artístico. Em 1954, mudou-se para o Rio de Janeiro, indo morar com o pai e com o irmão mais velho no município de Nilópolis, na Baixada Fluminense. Naquela ocasião, ganhou do padrinho uma sanfona.Dominguinhos escolheu seu nome artístico por sugestão de Luiz Gonzaga, pois o apelido de infância do afilhado, Neném, não ajudaria na trajetória artística. Com a sanfona ganha do próprio Gonzagão, passou a percorrer o interior do Rio de Janeiro na companhia dos irmãos, apresentando-se em circos e arrasta-pés.Em 1957, aos 16 anos, fez sua primeira gravação, tocando sanfona num disco de Luiz Gonzaga, na música Moça de feira, de Armando Nunes e J.Portela. Em Sergipe, formou com Borborema e Miudinho o Trio Nordestino. Tomou contato com outros ritmos musicais e aprendeu a tocar samba e bolero.Em 2006, teve diagnosticado um câncer no pulmão. A partir desse período, precisou cancelar alguns shows para realizar quimioterapia. No final de 2012, foi internado em um hospital de São Paulo, na Unidade de Terapia Intensiva, por insuficiência cardiorrespiratória.No período em que permaneceu por meses internado, recebeu fãs, homenagens e mensagens de incentivo de diversos artistas de todo o Brasil. No dia 23 de julho de 2013, faleceu no hospital Sírio Libanês em São Paulo, onde estava internado, por conta de complicações cardíacas e infecciosas. Seu velório foi realizado na Assembleia Legislativa de Pernambuco, em Recife, e recebeu inúmeros artistas e autoridades. O enterro aconteceu ao som de sanfona.O Brasilidade é produzido por Fátima Abreu e Ronaldo César e narrado por César Moreira. Vai ao ar aos domingos, a partir das 18h, com reprise às terças-feiras, às 23h.
Lido 367 vezes

Mídia

Mais nesta categoria: « Sinatra e Amigos Gonzagando »

Portal do Servidor

Enquete

O Consórcio Nordeste e o ParlaNordeste podem contribuir para estimular o desenvolvimento da Região?

Brasilidade - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500