Fortaleza, Quarta-feira, 17 Janeiro 2018

Pesquisar

Processo virtual


Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Segunda, 19 Junho 2017 12:19

Abluesando

O programa Abluesando desta sexta (17/06) tem como destaque o bluesman Lowell Fulson. Guitarrista, compositor e uma grande voz do blues, depois de T-Bone Walker, foi a figura mais importante do West Coast blues em 1940 e 1950. Como compositor, inspirou interpretações de músicos como BB King, Ray Charles e Otis Redding, e suas composições continuam nos repertórios de bluesmen modernos. Seu avô paterno tocava violino, e sua mãe cantava e tocava guitarra. Um tio lhe deu uma guitarra quando ele tinha 12 anos, e não muito tempo depois, Lowell Fulson se tornou um homem do blues. Suas influências foram o bluesman Blind Lemon Jefferson e Blind Boy Fuller. Em 1948, gravou o hit ‘Three O’Clock in the Morning Blues’, que foi sucesso de BB King, em 1952, como Three O’clock Blues, enquanto Ray Charles também gravou Sinner’s Prayer. Fulson morreu de insuficiência renal, em Long Beach, na Califórnia, aos 77 anos. A atração apresenta também uma faixa bônus especial com o mexicano Carlos Santana. Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando vai aos ar às sextas-feiras a partir das 20h. 

Vídeo relacionado

Segunda, 12 Junho 2017 10:34

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo, rende homenagens ao sanfoneiro Clementino Moura. O músico, natural da cidade de Capistrano, no interior do Ceará, ficou conhecido como "Rei da Gafieira", e é uma referência quando se fala em forró, samba e chorinho.Clementino Moura nasceu em 14 de novembro de 1945, filho de Francisco Ozano de Moura e de Maria Carlota da Silva. Teve quatro irmãos e, desde cedo, por influência do pai, que tocava sanfona de oito baixos, e de dois irmãos, Tonho e Francisquinha, já mostrava inclinação para a música, sobretudo o forró pé-de-serra, xote e baião. Músico autodidata, Clementino Moura ganhou a primeira sanfona do pai no início dos anos 1960 e, a partir de então, passou a acompanhar os solos de Luiz Gonzaga, Chico Justino, Zé Calixto e outros sanfoneiros da época pela rádio Tupinambá de Sobral e por  LPs.Com a morte dos pais, Clementino Moura, ainda menor de idade, veio para Fortaleza, onde passou a fazer apresentações na Praça do Ferreira e em circos pela Capital e interior do Estado, ao lado de um grupo musical. Esteve em São Paulo, onde no Forró do Zé Nilton, na Mooca, e no Forró do Pedro Sertanejo, conheceu Dominguinhos, Oswaldinho, Zé Gonzaga, Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga, que exerceram grande influência carreira dele.Clementino Mouramorreu na manhã do dia 29 de maio de 2017, aos 71 anos, após três dias internado por insuficiência renal em hospital de Fortaleza.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 12 Junho 2017 10:10

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará? apresenta, neste sábado (10/06), o primeiro álbum musical da dupla Kildare Ferreira e Fernando Bernardo, "Um Violão, um Tamborim”, lançado em abril deste ano.O novo trabalho musical da dupla segue o estilo do samba e faz uma homenagem aos músicos que são ícones da música popular brasileira (MPB), como Chico Buarque, Tom Jobim, Caetano Veloso, Carlos Lira e Cartola. O disco contou com participações especiais, como Roberto Santos (saxofone e flauta) e Sérgio Santos (tamborim).Com produção e apresentação do jornalista e radialista Jânio Alves, o Qual é o Tom do Ceará? vai ao ar todos os sábados, às 12h. A reprise acontece às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 12 Junho 2017 10:00

Abluesando

O programa Abluesando destaca, nesta sexta-feira (09/06), o álbum London Sessions do pianista Jerry Lee Lewis. O produtor e apresentador Robério Lessa  selecionou 10 momentos mais blues do músico, conhecido por incendiar as platéias com seu piano.Nascido na Louisiana, no Sul dos Estados Unidos, Jerry Lee Lewis começou no mundo da música cantando gospel nas igrejas pentecostais sulistas, enveredando pelos caminhos do rock n’ roll na década de 1950.Quase 60 anos após seu primeiro lançamento, que ocorreu em 1958, Jerry Lee Lewis continua na ativa. Seu álbum de estúdio mais recente, Mean Old Man, foi lançado em 2010.No programa desta sexta-feira, Robério Lessa destaca ainda as versões de clássicos do rock, como Trouble in Mind, Big Boss Man, e Johnny B. Good, entre outros.Abluesando é transmitido todas as sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Sexta, 09 Junho 2017 12:07

Gonzagando

 O programa Gonzagando, destaca, nesta quinta a websérie que resgata a história de Luiz Gonzaga e da sanfona de oito baixos. A estreia do documentário está marcada para o Dia dos Namorados, 12 de junho de 2017. Com direção assinada por Giovani Lima, as gravações foram realizadas na cidade de Exu, interior pernambucano. O programa será exibido em três episódios curtos de cerca de 1,30s. Protagonizando as cenas estão a Orquestra Sanfônica de Exu, que foi montada especificamente para o projeto e histórias do Rei do Baião. Entre as figuras que dão corpo à série estão a atriz, cantora, compositora, instrumentista (e sanfoneira) Lucy Alves; o cantor, compositor e instrumentista Targino Gondim; o músico Luizinho Calixto, além do sobrinho do homenageado, também sanfoneiro, Joquinha Gonzaga.Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 08 Junho 2017 12:06

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais apresenta, nesta quarta-feira (07/06), marcha junina, baião, xote, forró e arrasta-pé. São canções que foram finalistas e vencedoras dos festivais de música do Ceará e de outros estados brasileiros, principalmente no período junino. Entre elas estão "Viva o Nordeste", "Sou Nordestino", "Fogueira da Paixão", "Junho de Todos os Santos", "Festa dos Três Meninos", "A Saga de Um Rei", "Vira e Mexe", "Volta Dominguinhos" e "Que Bonito Era". O Sons dos Festivais apresenta também interpretações e composições do Rei do Baião, Grupo Fulô da Aurora, Jean Garfunkel, Gildário de Assaré, Babi Guedes, Dione Morais, João Soares, Raimundo Cassundé, Parahyba, Cumpade Barbosa, Zacarias Chaves, Aldy Carvalho, entre outros. Com produção e apresentação de Haroldo Holanda e Nazicélia Costa, o programa vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h. 

Vídeo relacionado

Terça, 06 Junho 2017 13:35

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, desta segunda-feira (05/06), apresenta clássicos mundiais imortalizados por Sinatra sendo interpretados por Olivia Newton-John. Entre as canções, "How Insensitive", versão em inglês da música "Insensatez", de Vinicius de Moraes e Tom Jobim; "Love Me or Leave Me",  "Send in the Clowns", além de "Alfie", composição de Burt Bacharach. O programa também vai tocar a música "Hier Encore", um dos maiores sucessos do cantor e compositor francês Charles Aznavour.  Composta em 1964, a canção está completando 53 anos. Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o Sinatra e Amigos vai ao ar todas as segundas-feiras, às 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 05 Junho 2017 11:36

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (04/06), presta  homenagem ao cineasta, ator e cantor Amácio Mazzaropi. Nascido em 9 de abril de 1912, em São Paulo,  Mazzaropi morreu no dia 13 de junho de 1981, aos 69 anos de idade. Quando criança, morou na cidade de Taubaté (SP), onde seus pais foram trabalhar numa tecelagem. Aos 10 anos de idade, ensaiou os primeiros passos do caipira em uma festa da escola. Aos 15 anos, Mazzaropi, assistindo a um espetáculo de circo acabou parando nos bastidores e passou a trabalhar como pintor de letreiros. Iniciou a carreira artística em circos, mas logo trocou os pincéis por um personagem vestido de caipira. Foi para o Interior e começou a apresentar monólogos cômico-dramáticos. O sucesso foi imediato, porém os rendimentos eram extremamente baixos. O salário de cerca de 25 mil réis quase não dava para as despesas diárias. Mazzaropi iniciou sua carreira como ator aos 20 anos de idade, na montagem chamada "A Herança do Padre". Em 1935, ele viajou com sua companhia de teatro, a Troupe Mazzoropi, em uma turnê que durou os dez anos seguintes. Em 1968, comprou uma fazenda na cidade de Taubaté, local em que construiu o maior estúdio cinematográfico da América Latina. Se estivesse vivo, Mazzaropi faria 100 anos em  2012. Neste mesmo ano, foi inaugurada uma estátua em homenagem ao seu centenário. A imagem, em tamanho natural, passou a ser exibida durante todo o ano no centro de Taubaté, indo depois para o Museu Mazzaropi. Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentado por Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.  

Vídeo relacionado

Segunda, 05 Junho 2017 11:22

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o tom do Ceará?  recebe, neste sábado (03/06), o compositor cearense Eason Nascimento. O artista mostra o trabalho mais recente, o CD “Vivo a Sonhar”, gravado em 2017. Quarto trabalho do compositor, o disco reúne vários intérpretes cearenses: Aparecida Silvino, Carlinhos Patriolino, César Amaral, Cristina Amaral, David Valente, Edilza Aires, Edinho Vilas Boas, Edmar Gonçalves, Eudes Fraga, Humberto Pinho, Ingrid Salles, Lúcio Ricardo, Rodger Rogério, Rogério Francoe  Melquíades Ferraz. Como resultado de parcerias, Eason Nascimento tem ainda outros três álbuns: "Recado", "Passarinho" e "Forró Brasileiro", com composições interpretadas por diversos músicos. O programa Qual é o Tom do Ceará é produzido e apresentado pelo jornalista e radialista Jânio Alves e vai ao ar aos sábados, a partir das 12h. A reprise acontece às quintas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 05 Junho 2017 11:13

Abluesando

No programa Abluesando, desta sexta-feira (02/06), o destaque é para o trabalho de um dos mais importantes bluesman do Blues elétrico. T-Bone Walker, referência para muitos guitarristas como Jimi Hendrix, Walker foi um dos pioneiros na eletrificação da guitarra e responsável pela criação de riffs imortalizados por toda uma geração que o sucedeu no Blues e em outros ritmos. O multi-instrumentista nascido em Linden, Texas, em 28 de maio de 1910, começou a carreira ainda adolescente, pelos anos 1920, em Dallas. Morreu aos 64 anos, depois de sofrer um acidente vascular cerebral. Se estivesse vivo, faria 117 anos. Com fraseado limpo, criativo e elegante, alternando sons pop dançantes e blues lentos com grandes introduções instrumentais, o artista emprestou ao jazz linhas de metais que fizeram a cabeça de diversos artistas, de B.B. King a Buddy Guy. Sua composição mais famosa é “Call It Stormy Monday”. Ao longo da carreira, trabalhou com artistas renomados, como o trompetista Teddy Buckner, o pianista Lloyd Glenn, o baixista Billy Hadnott e o saxofonista tenor Jack McVea. Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando é transmitido às sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Comitê / Frente

Enquete

Você acredita nas previsões dos profetas da chuva, que anunciam uma boa quadra chuvosa para o Ceará em 2018?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembléia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500