Fortaleza, Quinta-feira, 26 Abril 2018

Pesquisar

Proc. Virtual / BELT

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 76
Musicais
Sexta, 06 Julho 2012 07:16

Gonzagando

O programa Gonzagando desta quinta-feira (05/07) destaca o lançamento até o mês de setembro, de 58 CD’s de Luiz Gonzaga em homenagem ao centenário do artista. A Sony, que detém o catálogo da RCA, na qual Gonzaga gravou a maior parte de sua obra, também negociou com a EMI, detentora dos direitos da Odeon, para relançar toda a discografia do Rei do Baião. Com previsão de chegar às lojas em pequenos lotes a partir de setembro, os 58 discos serão vendidos separadamente.  Chegou-se a cogitar a edição de uma caixa com a obra completa, mas, dado o tamanho da empreitada, o produto final sairia caro demais para o consumidor. Dos 58 álbuns, 15 nunca foram lançados em CD e a etapa mais complexa é a restauração dos fonogramas gravados em discos de 78 rotações no período de 1941 a 1960. Desse lote, sairá 15 CD’s com 16 faixas cada um. No projeto “100 Anos de Gonzagão”, produzido por Thiago Marques Luiz para a gravadora Lua Music, terão destaque 50 gravações em três discos, de artistas brasileiros interpretando o seu repertório. Nomes como Elba Ramalho, Dominguinhos, Amelinha, Geraldo Azevedo, Ednardo, Zeca Baleiro, entre outros, estão presentes no disco. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar todas as quintas a partir das 20h, com reprise aos domingos às 6h.

Vídeo relacionado

Sexta, 29 Junho 2012 08:44

Gonzagando

O programa Gonzagando desta quinta-feira (28/06) apresentar as 10 músicas do mestre da sanfona Luiz Gonzaga, selecionadas pelos ouvintes da FM Assembleia (96,7 MHz). Até o mês de dezembro, data do centenário de Gonzagão, as sugestões dos ouvintes Gonzagueanos irão ser apresentadas no final do mês, até completar cem músicas. O Gonzagando está no ar há quatro anos e tem como meta manter viva a memória do pernambucano do século. Luiz Gonzaga foi um dos maiores representantes da música nordestina. Contou por meio da música, a história do sertão, reunindo os mais diversos ritmos a exemplo do baião.  Umas das músicas mais votadas por nossos ouvintes foi “Asa Branca”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, de 1947. Cantada há 65 anos, já foi regravada por Lulu Santos, Fagner, Caetano Veloso, Elis Regina, Tom Zé, Chitãozinho e Xororó, Ney Matogrosso, Badi Assad e Maria Betânia. Os ouvintes também solicitaram “O Fole roncou”, “Fogo sem fuzil”, “Eu vou pro Crato”, “Faça isso não”, “Vassouras”, “Baião da Penha”, “Lenda de São João”, “Mané Gambá” e “Numa sala de reboco”. As sugestões podem ser feitas por meio do endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 3277. 3747. O programa Gonzagando é apresentado por Gerardo Anésio e vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Segunda, 25 Junho 2012 08:22

Brasilidade

O programa Brasilidade deste domingo (24/06) destaca as músicas e a trajetória de Dorival Caymmi, um dos mais criativos artistas do País. Cantor, compositor e violonista, Caymmi escreveu canções inspiradas nos hábitos, costumes e tradições do povo baiano. Nascido em Salvador, o artista compôs sua primeira música “No Sertão” em 1933.  Dois anos depois, começou a carreira na Rádio Clube da Bahia.  Foi na Rádio Tupi que ele interpretou, em 1938, “O Que é Que a Baiana Tem”, canção que destacou Carmen Miranda no exterior. Na década de 1940, fez sua primeira excursão artística atuando em Fortaleza, onde fez um curta-metragem, cujo cenário foi a famosa praia do Mucuripe. Na Capital, Caymmi passou cerca de dois meses, intrepretando  o papel de um autêntico pescador cearense. A produção denominada “A Jangada” foi patrocinada pelo Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) do governo Getúlio Vargas, que estava patrocinando documentários sobre as praias brasileiras. O filme tinha como argumento a música “A Jangada Voltou Só”. A obra de Caymmi obra invoca principalmente a tragédia de negros e pescadores da Bahia: O Mar, História de Pescadores, É Doce Morrer no Mar, A Jangada Voltou Só, Canoeiro, Pescaria, entre outras. Pai dos músicos Dori, Nana e Danilo Caymmi, Dorival Caymmi faleceu em 16 de agosto de 2008, aos 94 anos, no Rio de Janeiro. O Brasilidade é produzido por Ronaldo César e co-produzido por Juliana Braga e vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise às terças-feiras, 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 25 Junho 2012 08:21

Sinatra & Amigos

O programa Sinatra & Amigos deste sábado (23/06) relembra o disco de 1971, “Sinatra & Company”. O disco apresenta canções marcadas pela bossa nova, além da forte influência do soft rock.  No lado A, várias composições do maestro Tom Jobim e de Vinícios de Moraes estão presentes, como “Drinking Water”, “Someone to Light up My Life”, “Triste”, “Wave”, “One Not Samba”, dentre outras. Já no lado B, “Close to You”, “Sunrise in the Morning”, “My Sweet Day” e “Lady Day”, algumas de autoria de John Denver. O Sinatra e Amigos vai ao ar todos os sábados, das 18h às 19h30, com produção e apresentação do jornalista Renato Abreu.

Vídeo relacionado

Segunda, 25 Junho 2012 08:18

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará deste sábado (30/06), recebe o pianista e tecladista cearense Felipe Adjafre. Com 12 CDs gravados, o artista começou sua carreira musical aos nove anos, quando entrou para a escola de música Ritmos, dedicando-se ao estudo do teclado. Pouco tempo depois, o artista participou de seu primeiro festival de música. Mas a certeza de um futuro musical surgiu aos 14 anos de idade, quando da formação do grupo composto pelos amigos do Colégio Batista, surgindo, assim, uma das promessas da música cearense. O trabalho do pianista passeia por ritmos diversificados da música popular brasileira, com samba-canção, bossa nova, baião e maxixe, de compositores famosos como Pixinguinha, Noel Rosa, Chiquinha Gonzaga. Sem esquecer dos nordestinos Dorival Caymmi e Luiz Gonzaga; dos cearenses Raimundo Fagner e Belchior. No repertório de Adjafre, músicas conhecidas e de autores consagrados. O programa Qual é o Tom do Ceará? é produzido e apresentado pelo jornalista e radialista Jânio Alves e vai ao ar todos os sábados, às 11h, com reprise às quartas-feiras às 23h na rádio FM Assembleia.

Vídeo relacionado

Segunda, 18 Junho 2012 13:45

Brasilidade

O programa Brasilidade deste domingo (17/06) presta homenagem ao cantor Wilson Simonal, um dos músicos mais importantes da década de 1960 - sua fama chegou perto da de Roberto Carlos, após se envolver num episódio confuso, no início dos anos 1970, viu sua carreira ruir e caiu no ostracismo. A história de Simonal no cenário da música popular brasileira é bem peculiar. Ele começou a carreira em bailes do Exército e se consagrou no final da década de 1960. Suas interpretações de músicas como “Meu Limão, Meu Limoeiro” e “País Tropical” (de Jorge Ben Jor) caíram no gosto popular, assim como seu programa de televisão, “Show em Si... monal”, exibido pela TV Record, famosa pelos festivais que projetaram Chico Buarque, Elis Regina, Caetano Veloso e tantos nomes da MPB. O Brasilidade é produzido por Ronaldo César e co-produzido por Juliana Braga e vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise as terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 18 Junho 2012 11:10

Sinatra & Amigos

O programa Sinatra & Amigos deste sábado (16/06),faz uma homenagem aos 45 anos de lançamento do álbum Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim. Canções como "The Girl from Ipanema", “Dindi”, “Corcovado”, serão apresentadas. Em 2011 a Família Sinatra, juntamente com a Gravadora Reprise/Warner, relançou 20 músicas com qualidade digital, gravadas com os dois músicos, em um álbum intitulado “Frank Sinatra & Tom Jobim: The Complete”.  O álbum inclui a música “Sabiá”, uma parceria de Chico Buarque e Jobim. “Essa música era a única inédita das gravações originais de 1967. O programa Sinatra & Amigos é produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu e é transmitido aos sábados, das 18h às 19h30. A reprise acontece às quintas-feiras, a partir das 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 18 Junho 2012 10:22

Abluesando

O programa Abluesando desta sexta (15/06) apresenta o trabalho da cantora americana Madeleine Peyroux. Cantora de jazz, Madaleine também tem um trabalho calcado no Blues. Influenciada pela cultura Hippie, interpreta suas proprias composições e letras com um estilo vocal, que em muito lembra a cantora Billie Holiday. Peyroux nasceu no estado da Geórgia, no Sul dos Estados Unidos. Começou a cantar com quinze anos de idade, quando descobriu os artistas de rua do boêmio Quartier Latin, em Paris. O programa Abluesando é produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa e vai ao ar todas as sextas-feiras, às 20h.

Vídeo relacionado

Sexta, 15 Junho 2012 09:05

Gonzagando

O programa Gonzagando desta quinta-feira (14/06), destaca os discos que estão sendo lançados neste ano em homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga. O grupo paulista Falamansa saiu na frente com o lançamento do álbum “As sanfonas do Rei - Tributo aos 100 anos de Luiz Gonzaga”.  Os músicos Daniel Bueno e Jurandy da Feira também lançaram discos em homenagem ao sanfoneiro. O disco do Falamansa traz 16 faixas e foi lançado em CD e DVD. Para participar do tributo, o grupo chamou convidados especiais. Entre eles, o sanfoneiro Dominguinhos, a cantora Elba Ramalho e o vocalista da Nação Zumbi, Jorge Du Peixe. No álbum foram recriados 12 temas da obra de Gonzagão. O programa Gonzagando é apresentado por Gerardo Anésio e vai ao ar nas quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Segunda, 11 Junho 2012 12:20

Brasilidade

O programa Brasilidade da FM Assembleia deste domingo (10/06), apresenta a obra do paraibano Jackson do Pandeiro. Considerado o maior ritmista da música popular brasileira, o artista é responsável pela nacionalização de canções de origem do povo nordestino. Jackson nasceu em 31 de agosto de 1919, com o nome de José Gomes Filho. Era filho de uma catadora de coco, Flora Mourão, e recebeu da mãe seu primeiro instrumento: o pandeiro. O nome artístico surgiu de um apelido criado por ele: Jack, inspirado em um mocinho de filmes de faroeste, Jack Perry. A transformação para Jackson foi uma sugestão de um diretor de programa de rádio, argumentando que ficaria mais sonoro e causaria mais efeito ao ser anunciado. Com apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, a partir das 18h. A reprise acontece às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Comitê / Frente

Enquete

A Constituição de 1988 assegurou a demarcação de terras e direitos básicos, como saúde e educação dos povos indígenas. Essas garantiras têm sido confirmadas?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembléia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500