Fortaleza, Segunda-feira, 15 Outubro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Segunda, 03 Setembro 2018 12:24

Qual é o Tom do Ceará?

O cantor e compositor cearense Beto Paiva é o convidado do próximo programa Qual é o Tom do Ceará? da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), deste sábado (01/09), às 12h25. Natural de Fortaleza, Beto Paiva já participou dos Festivais Culturais da Universidade Federal do Ceará (UFC), tendo suas músicas interpretadas pelo cantor Paulo Façanha. Suas composições também foram gravadas por Isaac Cândido e Jorge Vercillo. Neste ano, o músico lança seu primeiro EP “Ávido”, que conta com quatro músicas, duas inéditas compostas com João Marinho, além dos sucessos “Ávido” e “Quando a Noite Chegar”, compostas em parceria com seu parceiro habitual, Paulo Façanha. O programa Qual é o Tom do Ceará? é produzido e apresentado pela jornalista Ian Gomes. Excepcionalmente durante a propaganda eleitoral, o programa irá ao ar às 12h25, aos sábados, na rádio FM Assembleia (96,7 MHz). A reprise continua às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 03 Setembro 2018 12:23

Abluesando

O programa Abluesando  destaca nesta sexta-feira (09/02) o trabalho de um dos maiores nomes da guitarra blues, Earl Hooker. Ele nasceu em 15 de janeiro de 1930, na zona rural de Quitman County, Mississippi, nos Estados Unidos. O guitarrista ouvia música em casa ainda jovem. Aos dez anos de idade, Earl começou a tocar violão. Em 1942, aos 13 anos, Hooker se apresentava nas esquinas de Chicago com amigos de infância, incluindo Bo Diddley. Desde o começo, o blues era o estilo musical favorito de Hooker. Neste período, o gênero era influenciado pelo country. Começou sua carreira profissional no final dos anos 1950. Influenciado por mestres da slide guitar, como Robert Nighthawk, primo de John Lee Hooker, foi um dos expoentes da chamada segunda geração do blues elétrico. Em 1952, Hooker começou a gravar para várias gravadoras independentes. Seus primeiros singles eram creditados ao vocalista com quem gravava, embora alguns instrumentais e seus vocais fossem emitidos em nome de Hooker. Pioneiro na utilização do pedal wah wah no blues, e incorporando vários outros estilos e gêneros ao seu cardápio blueseiro, como o country, soul rock e jazz. Earl Hooker teve, infelizmente, sua carreira encurtada graças a uma pneumonia, que o tirou de cena no início dos anos 70, com pouco mais de 30 anos. Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 20h. 

Vídeo relacionado

Sexta, 31 Agosto 2018 12:14

Gonzagando

O programa Gonzagando, desta quinta-feira (30/08), destaca o patrimônio cultural do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, na cidade de Exu, sertão pernambucano. A riqueza da obra deixada por Gonzagão precisa de atenção. Proprietário do maior acervo da vida e obra de Luiz Gonzaga, o Parque Aza Branca enfrenta situação de penúria, para manter acesa a memória do músico. Com dificuldades para arcar com as despesas e sem manutenção, o espaço, construído pelo próprio Gonzaga na terra natal, corre o risco de fechar as portas neste ano. O alerta é de Júnior Parente,presidente da ONG Parque Aza Branca, que, desde 2000, administra o equipamento cultural. A situação somente vai mudar, caso sejam tomadas as providências definidas pelo Grupo de Trabalho Luiz Gonzaga, sob a orientação do Ministério Público de Pernambuco e Ministério Público Federal. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 30 Agosto 2018 12:11

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais, apresenta, nesta quarta-feira (29/08), às 20h, a trajetória musical do cantor, compositor e instrumentista do pernambucano Luiz Otávio Lima, mais conhecido como Tavinho Limma.  O compositor começou sua carreira musical como percussionista, também passou na Banda de Pau e Corda, em Recife, e participou dos festivais Canta Nordeste e MPB Shell, ambos da rede Globo. Além disso, o cantor também participou de concursos de música em colégios e universidades em Pernambuco. O instrumentista teve parcerias com Jane Duboc, Oswaldinho do Acordeon, Lula Barbosa, Zé Alexandre, entre outros. O artista está gravando um CD com as músicas do show ‒ uma homenagem ao cantor e compositor cearense Raimundo Fagner.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 28 Agosto 2018 12:15

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos lembra, nesta segunda-feira (27/08), o encontro do “Rei” Roberto Carlos com o cantor Frank Sinatra. Eles se encontraram na suíte presidencial do Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, em 1981. O cantor brasileiro era fã de Sinatra. O programa vai recordar ainda os sucessos românticos de Roberto Carlos. O cantor e compositor nasceu em Cachoeira de Itapemirim, no sul do Espírito Santo, em 19 de abril de 1941. Nos anos 60, Roberto Carlos começou sua carreira cantando bossa nova, samba-canção e rock. Na década de 70, o compositor passou a cantar canções românticas, consolidando-se na música romântica como "Rei", permanecendo assim até os dias de hoje. O Sinatra e Amigos vai tocar músicas como "Amigos, Amigos"; "Sua Estupidez" e "Emoções". Além dessas, Roberto Carlos também gravou muitas outras canções românticas, como "Detalhes", "Falando Sério", "Nossa Canção" e "Sereia". Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o programa Sinatra e Amigos vai ao ar todas as segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise é aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 27 Agosto 2018 12:20

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (26/08), destaca o trabalho do músico Lindolpho Gomes Gaya. Paulista da cidade de Itararé, Lindolpho Gaya, como ficou conhecido, foi arranjador, regente, instrumentista e compositor. Aos sete anos começou a aprender piano e aos 21 anos se tornou músico profissional. Foi para o Rio de Janeiro e, em 1942, passou a atuar como pianista em programas de calouros na Rádio Transmissora, passando para a Orquestra de Chiquinho, na Rádio Clube e depois para a Rádio Tupi, onde conheceu a cantora Stellinha Egg, com quem se casou em 1945. No começo da década de 1950, gravou as valsas "Morrer sem Ter Amado" e "Último Beijo", de Zequinha de Abreu. Em 1951, compôs o baião "Pregão",  que foi gravado por sua mulher Stellinha Egg, e o baião “Minas Gerais”, gravado por Zaccarias e sua Orquestra. No mesmo ano, foi regente da orquestra que tocou a trilha sonora do filme "Aí vem o Baião", dirigido por Watson Macedo. Em 1952, gravou mais duas valsas, "Célia", composição de Elias Fleury, e "Só pelo Amor Vale a Vida", de Zequinha de Abreu. Em 1955, recebeu o Prêmio de Melhor Disco do Ano pelos arranjos feitos para as músicas "O Vento" e "O Mar", ambas de Dorival Caymmi, com  interpretações de Stellinha Egg. No mesmo ano, viajou para uma temporada artística na Europa com a mulher. Na Polônia, Lindolpho Gaya regeu a Orquestra Filarmônica de Varsóvia e recebeu uma medalha de ouro do governo polonês. Na União Soviética, regeu a Grande Orquestra do Teatro Strada de Moscou e participou do filme "Folclore de cinco Países", em que aparece tocando chorinhos de sua autoria. O casal seguiu para a França, onde o maestro ficou responsável pela direção da parte musical do filme "Bela Aventura", sobre temas e motivos brasileiros, dirigido por sua mulher, Stellinha Egg. Ainda em Paris, onde fixou residência, Lindolpho fez arranjos para gravações de músicas brasileiras e sul-americanas, e organizou gravações do compositor francês Ray Ventura. Antes de retornar ao Brasil, ainda na capital francesa, fez arranjos para o disco "Chants folkloriques brésiliens", de temática brasileira, com interpretações de Stellinha. Brasilidade é produzido por Fátima Abreu e Ronaldo César, com apresentação de Narcélio Limaverde. Vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise nas terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 27 Agosto 2018 12:18

Qual é o Tom do Ceará?

Elogiado pela crítica especializada, o instrumentista Thiago Almeida é reconhecido pelo talento com o piano e por performances inspiradas na literatura. Para falar sobre essa trajetória, o músico participa, neste sábado (25/08), às 11h, do programa Qual é o Tom do Ceará? Destaca-se na trajetória de Thiago Almeida as apresentações do trabalho de sua autoria, “Piano Solo Adubo e Florestas”, baseadas na obra do poeta Manoel de Barros e feitas de improviso. Seu trabalho inovador já foi ouvido em festivais nacionais e internacionais, na França e na Bélgica, e garantiu ao músico o reconhecimento nacional por meio do Prêmio Mimo Instrumental, que é oferecido a novos talentos da música instrumental no País. O programa Qual é o Tom do Ceará é produzido e apresentado pela jornalista e radialista Ian Gomes e vai ao ar aos sábados, às 11h, com reprise às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 27 Agosto 2018 10:24

Abluesando

O músico americano Fats Domino é o destaque do Programa Abluesando desta sexta-feira (24/08). Nascido em Nova Orleans, no ano de 1928, conviveu com a música desde criança. Aprendeu a tocar piano em casa. Embora menos famoso do que contemporâneos como Chuck Berry e Elvis Presley, o cantor, compositor e pianista Domino foi um dos precursores do rock. Também teve papel fundamental no surgimento e desenvolvimento do R&B (rhythm and blues. Domino gravou sua primeira canção, “The fat man”, em 1949. O Programa Abluesando é produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa e vai ao ar, às sextas-feiras, às 20h, na Rádio FM Assembleia.

Vídeo relacionado

Quinta, 23 Agosto 2018 17:58

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), apresenta, às 20h desta quarta-feira (22/08), a trajetória musical do cantor Lúcio Ricardo.Nascido no Cariri, ele iniciou sua carreira em 1979. Foi líder da banda de rock Perfume Azul.  Ele surgiu na época da gravação do histórico LP "Massafeira Livre", do qual também fez parte.Filho de cantores de rádio, Lúcio começoua participar de festivais a partir da segunda metade dos anos 70 e teve seu talento como intérprete e autor de letras e melodias reconhecido no Ceará e em outros estados.Em 13 de maio de 1978, ficou em segundo lugar no I Festival do Jovem Compositor Cearense (Festival da Crédimus), no Teatro São José, com a música "Em cada tela uma história", de sua autoria. Lúcio Ricardo ganhou também o sexto lugar no festival, com a música "Planeta Vulgar". Concorreu ainda em festivais realizados em Sobral, Fortaleza, Camocim, Meruoca, Barbalha, Garanhuns (Pernambuco) e Vitória da Conquista (Bahia).Lúcio Ricardo participou, no Rio de Janeiro, de vários shows e do movimento musical Falange Canibal, composto por Lenine, Lula Queiroga, Ivan Santos, Fernando Piancó e muitos outros. De volta a Fortaleza, participou de diversas gravações e shows, dentre os quais, trabalhos dedicados a Lauro Maia e Ray Charles.Depois de participar de CDs coletivos, Lúcio Ricardo lançou seu CD solo em 2002. O disco foi gravado ao vivo, durante a realização da Feira da Música, em Fortaleza. Seu disco intitulado “Notas da Memória” foi lançado em 2016, com canções de Joaquim Ernesto e Sílvio Barreira.O músico conquistou ainda o primeiro lugar no Festival de Camocim, em 2001, com a música “Escola nos Varais”, dos compositores Joaquim Ernesto e Paulo Pardal.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 21 Agosto 2018 15:47

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, da FM Assembleia (96,7 MHz), presta uma homenagem à cantora e pianista Aretha Franklin na edição desta segunda-feira (20/08). O produtor e apresentador da atração, o jornalista Renato Abreu, irá apresentar um dueto entre Aretha e Frank Sinatra para a música "What Now My Love".A canção foi originalmente gravada em 1966, para o álbum "That’s Life" e ganhou uma nova roupagem com a regravação para o álbum "Duets" (1993), ocasião em que Sinatra dividiu os microfones com Aretha Franklin.Mais um dueto se destaca na atração, dessa vez, entre Elvis Presley e Barbra Streisand, para a canção "Love Me Tender". A cantora pop Madonna também aparece, no quadro Música de Cinema, com canções da trilha sonora do filme "Dick Tracy".O programa Sinatra e Amigos é transmitido todas as segundas-feiras a partir das 20h, com reprise aos sábados a partir das 18h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Eleições 2018

Enquete

As ações de conscientização sobre o câncer de mama promovidas pela campanha Outubro Rosa contribuem para prevenir a doença?

Sim. Funcionam como alerta, estimulando o autoexame, técnica de prevenção que pode identificar estágios iniciais do câncer - 90%
Não. Essa é apenas mais uma campanha, sem resultados efetivos - 10%
A votação para esta enquete foi encerrada em: %15 %b %2018 - %10:%Out
Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500