Fortaleza, Domingo, 16 Dezembro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Terça, 02 Outubro 2018 14:22

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), desta segunda-feira (01/10) homenageia o cantor francês Charles Aznavour, que morreu hoje, aos 94 anos. Em mais de 70 anos de carreira, o artista gravou 1.400 canções, em pelo menos oito idiomas.A atração destaca o dueto de Aznavour e Sinatra nas músicas “You Make Me Feel So Young” e “Young at Heart”, além de canções do álbum "Duos", em que o francês canta com nomes como Laura Pausini, Sting, Celine Dion, Julio Iglesias, Elton John, entre outros.O programa também relembra sucessos da atriz e cantora britânica Julie Andrews, que completa 83 anos nesta segunda. Considerada a “eterna Noviça Rebelde”, pelo papel interpretado no icônico filme, que venceu em cinco categorias do Oscar de 1966, a artista será o destaque do especial Música de Cinema desta edição.No quadro, vão ser apresentadas canções como “The Sound of Music”, “My Favourite Things”, “Do Re Mi” e “Edelweiss”.Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o Sinatra e Amigos vai ao ar todas as segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 01 Outubro 2018 17:12

Brasilidade

O programa Brasilidade da rádio FM Assembleia (96,7MHz) apresenta, neste domingo (30/09), o trabalho do cantor e compositor Orlandivo Honório de Sousa. Nascido em 5 de agosto de 1937, Orlandivo é natural da cidade de Itajaí, Santa Catarina, e iniciou a trajetória musical aos seis anos, tocando gaita.Em 1946, o músico foi com a família para o Rio de Janeiro, onde conheceu Paulo Silvino Neto Filho, parceiro de composição dos sambas "Cinderela", "João e Maria" e "Saudade dói demais".  Já em 1958, Orlandivo conquistou o primeiro registro como compositor, com a gravação de "Vem pro samba" e "H2O", por Roberto Carreiras.No início dos anos 1960, o artista passou a fazer parte do conjunto de Ed Lincoln e, como crooner do grupo, apresentou canções autorais em bailes de formatura nos clubes do Rio de Janeiro e em casas noturnas.Em parceira com Roberto Jorge, Orlandivo gravou, em 1962, as canções "Samba no Japão", "Amor quadradinho" e "Vai devagarinho". "Brincando de samba", fruto da parceria com Celso Murilo, foi gravada no mesmo ano.O LP "A chave do sucesso", primeiro disco do artista, cujo título remete à maneira como o músico utilizava um chaveiro como instrumento de percussão, também foi gravado 1962. O álbum reúne as músicas "Chavinha", "Jura-Sinho" e o sucesso "Samba Toff", lançado com exclusividade pela rádio JB.A composição "Tamanco no Samba" foi escrita em parceria com Helton Menezes, gravada por Célia Reis e por Waldir Calmon e orquestra. Ele ainda teve como intérpretes Ed Lincoln, Golden Boys, Conjunto Farroupilha e Humberto Garin.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 01 Outubro 2018 17:11

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará da FM Assembleia (96,7MHz) recebe, neste sábado (29/09), às 12h25, a cantora Micaela Gomes e a percussionista Camila Barros. As duas fazem parte do grupo “Samba da Vadiagem”, cujo objetivo é enaltecer ritmos que antes eram vistos como “vagabundagem”.A idealizadora do grupo, Micaela Gomes, iniciou a carreira no pop-rock. No final dos anos 2000, formou a banda “Singular”, cantando músicas autorais nos eventos que fervilhavam o cenário local da época.Participou de festivais do Ceará, como “Canta Ceará”, “Rock Cordel”, “Centro Cultural Bom Jardim”, “Noite Internacional das Mulheres”, “Hey Ho”, entre outros.Em 2017, Micaela participou do  Dia Nacional do Samba, com apresentações de rodas de cantoras e musicistas sambistas no Mercado dos Pinhões e no Estoril, além de gravações em programas de televisão local, divulgando o novo trabalho de samba autoral, denominado "Samba da Vadiagem".O primeiro CD solo, intitulado “Subliminar”, traz músicas de autoria dela, que desfila sobre o samba de roda, Maracatú e ritmos africanos. As letras são carregadas de espiritualidade, tendo como base o Candomblé.Com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes, Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados, em novo horário, a partir das 12h25, durante o período de propaganda eleitoral. A reprise acontece às quartas-feiras, às 23h

Vídeo relacionado

Sexta, 28 Setembro 2018 13:16

Gonzagando

O programa Gonzagando da rádio FM Assembleia (96,7MHz) apresenta, nesta quinta-feira (27/09), o trabalho da cantora e compositora Sarah Brasil e o CD “Eu Quero é Cantar Luiz”. Lançado em 2012, o álbum  tem a participação especial de Cezzinha e faixas de autoria de artistas, como Dominguinhos, Camarão, Jackson do Pandeiro e  Jacinto Silva. O disco foi produzido pelos alagoanos Obede Francisco e Xameguinho do Acordeon e gravado em Maceió (AL), terra natal do artista, e em Recife (PE). Como cantora, Sarah participou dos grupos Catuaba, Trio Gogó da Ema e Grupo Se Avexe Não. Já as composições musicais iniciaram ainda na adolescência, aos 16 anos.  Ao longo da carreira, gravou quatro discos: “Saga de Virgulino Ferreira, o Lampião”, “Astro Rei”, “Sarah Brasil e a Sinfonia da Passarinhada”, além do CD “Eu Quero é Cantar Luiz”, apresentado no programa desta quinta. Gonzagando é produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio. O programa vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 27 Setembro 2018 11:31

Sons dos Festivais

A trajetória de Edu Lobo, cantor, compositor, violonista e arranjador, é destaque do programa Sons dos Festivais, desta quarta-feira (26/09). O artista iniciou a trajetória musical ainda nos anos 1960, época em que começou a frequentar o circuito de shows da nova geração musical, que incluía nomes como João Gilberto, Sérgio Mendes e o Tamba Trio, de Luiz Eça. Foi nesse período que formou, com Dori Caymmi e Marcos Valle, um grupo que atuou em shows e na televisão. Em 1965, a música de Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri “Upa Neguinho”, interpretada por Elis Regina, tornou-se um grande sucesso.  O Sons dos Festivais apresenta ainda músicas e interpretações de Rossé Sabadia, Quinteto Violado, Jorge Ben, Lauro Maia, José Amaro (Peninha), Álcio Barroso, Paulinho Pedra Azul, Válerie Mesquita, Cida Olímpio, Cyro Monteiro, Márcia Tauil, Mana Tessari, Eugênio Leandro, entre outros. Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 25 Setembro 2018 11:19

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos apresenta, nesta segunda-feira (24/09), canções da coletânea dupla "Sinatra: The Best of The Best", lançada em 2011. A seleção reúne os maiores sucessos de Frank Sinatra da época das gravadoras Capitol Records e Reprise Records. O cantor e compositor Neil Diamond será lembrado durante a atração, com "I Am, I Said". A canção é um dos sucessos do álbum "Stones", de 1971, e já foi regravada em diversas línguas. No Brasil, a releitura da música foi interpretada pela cantora Diana. O produtor e apresentador da atração, jornalista Renato Abreu, também vai apresentar duetos de Julio Iglesias com Willie Nelson na canção "To All The Girls I’Ve Loved Once", e com Dolly Parton em "When You Tell me That You Love Me". Sinatra e Amigos é transmitido todas as segundas-feiras a partir das 20h, com reprise aos sábados a partir das 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 24 Setembro 2018 12:43

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (23/09) homenageia a cantora mineira Maria da Conceição Toledo, conhecida como Rosana Toledo. A artista começou a cantar em 1938, aos quatro anos de idade, no orfanato de São João Batista, em Belo Horizonte (MG). No ano seguinte, passou a estudar no colégio Nossa Senhora do Monte Calvário, participando de todas as apresentações musicais realizadas nas festas da escola. Rosana Toledo ficou conhecida no mundo das artes em 1947, ao lado da irmã e também cantora Maria Helena Toledo. Elas fizeram o primeiro teste na rádio Guarani, em que se apresentaram no programa “Gurilândia”, com o nome de “Irmãs Toledo”, cantando a música “Beijinho Doce” (Nhô Pai), criação das irmãs Castro, de São Paulo. A dupla foi consagrada depois na audição da “Hora da Corneta, animada por Valdomiro Lobo.  Em 1962, Maria Toledo viajou para os Estados Unidos, onde gravou três álbuns: “Maria Toledo Sings Bonfá”, na etiqueta United Artist; “Jazz Samba Encore”, cantando em português, acompanhada por Stan Getz, na verve, em 1963, e “Braziliana” , com Luis Bonfá e o norte-americano Bob Scott, em 1965. Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentação de Narcélio Limaverde, o Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise às terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 24 Setembro 2018 12:37

Qual é o Tom do Ceará?

A cantora e compositora Luh Livia  é a atração do Qual é o Tom do Ceará?, deste sábado (22/09). A artista lança carreira solo este ano e, em seu single de estreia, intitulado “Cansa!”, retrata a voz da mulher moderna diante das imposições criadas acerca do que é ser mulher. A música faz parte do EP “Madre da Peste”, projeto que nasceu da união dos dois universos artísticos. Com 13 anos de carreira como vocalista da banda de rock Mafalda Morfina, projeto que iniciou na sua adolescência em Fortaleza-CE, Luh Lívia reuniu uma vasta experiência de palco, tanto pelos shows em festivais independentes brasileiros quanto pelas parcerias construídas junto a artistas renomados.A artista também se apresentou com a banda ao lado de Paralamas do Sucesso, Pitty, Pato Fu, Simple Plan, Evanescence, Nando Reis, inclusive lançou música em parceria com o cantor Bruno Gouveia, vocalista do Biquíni Cavadão.Em 2017, Luh dividiu a carreira musical com o estudo das artes cênicas. Foi compositora da música tema na peça “Canção de Bernadete”, obra escrita e dirigida pelo novelista Aguinaldo Silva, na qual atuava e cantava.Com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes, o Qual é o Tom do Ceará? vai ao ar aos sábados, em novo horário, a partir das 12h25, durante o período de propaganda eleitoral. A reprise acontece às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 24 Setembro 2018 12:35

Abluesando

O programa Abluesando nesta sexta-feira (21/09), relembra a trajetória do cantor de blues Jimmy Witherspoon. O artista nasceu em Gurdon, Arkansas, Estados Unidos, e atraiu a atenção ao cantar na banda do pianista de jazz Teddy Weatherford, em Calcutá, na Índia, e nas apresentações regulares transmitidas pelo serviço de rádio das Forças Armadas norte-americanas, durante a Segunda Guerra Mundial. Witherspoon gravou pela primeira vez com a banda do maestro, pianista e cantor de blues e jazz Jay McShann em 1945. Jimmy Witherspoon morreu em 1997, de câncer, em Los Angeles. O programa também destaca o trabalho do músico americano Robert Cray, que é considerado um expoente da nova safra de artistas do blues. Robert começou a carreira influenciado pelos Beatles, mas, ao assistir a um espetáculo de Albert Collins, resolveu seguir o caminho do blues. Ao lado dos guitarristas Albert Collins e Johnny Copeland, registrou o clássico álbum “Showdown!”. O artista já teve músicas regravadas por artistas como Eric Clapton (Bad Influence) e Albert Collins (Phone Booth). Abluesando é produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa e vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Sexta, 21 Setembro 2018 11:41

Gonzagando

O programa Gonzagando apresenta, nesta quinta-feira (20/09), os fatos políticos e culturais de 1989, ano marcado pela morte do Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Entre os eventos daquele ano, destaca-se a eleição de Fernando Collor de Mello, 32º presidente do País e o primeiro eleito depois do regime militar. Gonzaga morreu no dia 2 de agosto, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Além dele, a data ainda foi marcada por grandes perdas, como a de Nara Leão e Raul Seixas. No cenário internacional, ocorreu a morte do pintor catalão surrealista Salvador Dalí, em 23 de janeiro de 1989, aos 84 anos. Outro marco do ano de 1989 foi a inauguração, no dia 18 de março, do Memorial da América Latina, em São Paulo. O projeto leva a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Enquete

Como você pretende utilizar o 13º salário?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500