Fortaleza, Quarta-feira, 26 Setembro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Quinta, 14 Junho 2018 13:09

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais,  desta quarta-feira (13/06) destaca o trabalho de inovação musical e carreira vanguardista do baiano Gilberto Passos Gil Moreira - Gilberto Gil. Com influência de Dorival Caymmi e de estilos musicais como o jazz, o cantor iniciou a relação com a música em 1952, aos nove anos de idade. Em Salvador, Gil começava a estudar em um escola de acordeom. Durante a graduação, nos anos 1960, no curso de Administração de Empresas, Gil promoveu eventos vanguardistas e participou de alguns deles, como o Seminário de Música.  Gil mudou-se de Salvador para São Paulo, onde participou de diversos festivais de música promovidos pela Record e pela TV Rio. Concorreu como compositor no I Festival Internacional da Canção, promovido pela TV Rio, em 1966, com a música "Minha Senhora", interpretada por Gal Costa. No mesmo ano, concorreu no II Festival de Música Popular Brasileira, da Record, com a canção "Ensaio Geral", interpretada por Elis Regina. Em outubro de 1967, durante o III Festival de Música Popular Brasileira, realizado no Teatro Paramount, Gil apresentou uma das canções que o marcou como compositor. Influenciado pelos Beatles, resolveu incluir o rock e a música brasileira em "Domingo no Parque", interpretado ao lado de Os Mutantes. A canção ficou classificada em segundo lugar, além de ser premiada devido ao moderno arranjo, feito por Rogério Duprat. Em setembro de 1968, Gil concorreu no IV Festival de Música Popular Brasileira, com "Divino, Maravilhoso", composta por ele e Caetano Veloso, interpretada por Gal Costa, alcançando o terceiro lugar. O programa ainda apresenta composições e interpretações de Taiguara, Parahyba, Fátima Araújo, Malcom Roberts, Cumpade Barbosa, Ruthe Glória, Moacyr Luz, entre outros.  Produzido por Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o programa Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 12 Junho 2018 12:29

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos,  desta segunda-feira (11/06) destaca dois álbuns não tão conhecidos da carreira de Frank Sinatra: “Cycles” e “Watertown”. O primeiro deles, lançado um pouco antes do natal de 1968, período em que o cantor disputava espaço no mercado fonográfico com representantes do rock, como Beatles e Elvis Presley. Com produção de Don Costa e regido pelo maestro Bill Miller, o álbum traz canções como “Rain in My Heart”, “My Way of Life” e “Gentle On My Mind”, com pegada um tanto mais pop para a época, mas que acabaram não caindo no gosto do público. Já o álbum “Watertown”, também fruto de sua experiência com o pop, conta uma história com personagens, lugar e enredo definidos, narrados em primeira pessoa. Apesar de não obter sucesso quando de seu lançamento, em 1970, a obra ganhou reconhecimento posterior de fãs e críticos. Dentre as músicas presentes no álbum, estão “Lady Day”, “The Train” e “What a Funny Girl”, todas compostas e produzidas por Bob Gaudio. O programa Sinatra e Amigos é transmitido pela FM Assembleia (96,7 MHz) todas as segundas-feiras, às 20h, e reprisado aos sábados, às 18h, com produção e apresentação do jornalista Renato Abreu.

Vídeo relacionado

Segunda, 11 Junho 2018 12:15

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará? recebe, neste sábado (09/06), a cantora Joelma Marques. A artista apresenta seu primeiro trabalho, intitulado “Passos”, nome que batiza uma das doze músicas, todas de sua autoria, que estão no disco inaugural. Joelma Marques, que é escritora e professora do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Ceará (UFC), é autora do livro "A Princesa Debutante: Virtude, Amor e Felicidade". Lançada em 2017, a obra é uma espécie de conto de fadas moderno, cuja narrativa se passa em Fortaleza. Em entrevista recente ao site da rádio Universitária FM, a cantora explicou que as duas obras, livro e CD, de certa forma, complementam-se. "Para fazer uma determinada música, eu imaginava um contexto, uma situação. Então, algumas canções me levaram a criar algumas cenas do livro e, em outras cenas do livro, fiz uma canção especificamente para elas", explicou a artista. O programa Qual é o Tom do Ceará? vai ao ar aos sábados, a partir das 12h, com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes. A reprise é apresentada às quartas-feiras, sempre às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 11 Junho 2018 12:14

Abluesando

O programa Abluesando desta sexta-feira (08/06) apresenta os sucessos do “band leader” John Len Chatman, popularizado como Memphis Slim, considerado um dos melhores pianistas de blues de todos os tempos. Com mais de 500 gravações ao longo da carreira, John Chatman nasceu em Memphis, no estado do Tennessee, Estados Unidos, de onde tirou o nome artístico, em 1915. No final dos anos 1930, foi para Chicago, no vizinho estado de Illinois, onde formou e liderou bandas para as gravadoras Okeh Records e Bluebird Records. Também naquela época, formou parceria com o cantor Big Bill Broonzy.    A dupla permaneceu junta até 1944, quando Memphis Slim iniciou carreira solo. Em 1946, o artista firmou contrato com a gravadora Miracle, e a banda passou a ser conhecida como Memphis Slim and His House Rockers. Na mesma época, gravou as músicas “Lend me Love” e “Rockin the house”, consideradas clássicas até hoje. Em 1962, o bluesman mudou o endereço para Paris em definitivo, passando a realizar turnês por toda a Europa. Nos últimos anos de vida, Menphis Slim se uniu ao baterista George Collier, com carreira respeitável no jazz. O pianista morreu em 24 de janeiro de 1988, por insuficiência renal, aos 72 anos. Abluesando é transmitido todas as sextas, a partir das 20h30, com produção e apresentação do jornalista Robério Lessa.

Vídeo relacionado

Sexta, 08 Junho 2018 12:39

Gonzagando

O programa Gonzagando apresenta, nesta quinta-feira (07/06), os destaques da primeira noite de festa do São João de Caruaru. Considerada a Capital do Forró, os festejos dessa época do ano reúnem cerca de 60 mil pessoas na cidade, localizada no agreste de Pernambuco. Na abertura da festa, dia 2 de junho, show da paraibana Elba Ramalho, no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, palco das apresentações realizadas durante todo o mês. Subiram ao palco ainda a Orquestra de Pífanos, a banda Fulô de Mandacaru e o cantor Jonas Esticado. Além das tradições juninas, o local é um dos principais pontos turísticos da cidade o ano todo, abrigando o Espaço Cultural Tancredo Neves e os museus do Forró, do Barro e a antiga Fábrica de Caroá. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 07 Junho 2018 12:59

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais,  desta quarta-feira (06/06) destaca o trabalho do cantor e compositor pernambucano Alceu Valença. Em 1971, o cantor foi para o Rio de Janeiro com o amigo e incentivador Geraldo Azevedo, onde começou a participar de festivais universitários, como o da TV Tupi, com a faixa "Planetário". Em 1980, Alceu Valença lançou o LP "Coração Bobo", com a música título ganhando espaço nas rádios do País e revelando o músico para o grande público. Nesta edição do programa, também serão relembradas canções da dupla gaúcha Kleiton e Kledir, a participação do mineiro Beto Guedes no Festival Internacional da Canção de 1970, com a música “Feira Moderna”. Também “A Massa”, de Raimundo Sodré, classificada em 3° lugar no Festival da Nova Música Popular Brasileira - MPB 80, com a final realizada no dia 23 de agosto de 1980, no Maracanãzinho. Produzido por Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 05 Junho 2018 12:47

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos apresenta, nesta segunda-feira (04/06), o concerto em tributo ao Rat Pack realizado em Londres pelo cantor Robbie Williams. Rat Pack foi o nome dado a um grupo de artistas populares entre as décadas de 1950 e 1960. A formação considerada mais famosa reunia Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr., Peter Lawford e Joey Bishop, que apareceram juntos em filmes e em apresentações nos palcos no começo dos anos 1960. Apesar da reputação de grupo masculino, o Rat Pack teve participações femininas, como Shirley MacLaine, Lauren Bacall e Judy Garland. Umas das produções mais famosas do grupo é o filme "Ocean's Eleven", de 1960, que foi refilmado em 2001 pelo diretor Steven Soderbergh, com o nome de "Onze Homens e um Segredo". Entre as canções selecionadas para o programa estão “My Way”, “Mr. Bojangles”, “Have You Met Miss Jones”, além de “Something Stupid”, num dueto de Robbie Williams com Nicole Kidman. Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, Sinatra e Amigos vai ao ar nas segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 04 Junho 2018 12:29

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (03/06), rende homenagens ao instrumentista, arranjador, regente, compositor e professor Moacir José dos Santos. O músico nasceu em uma família simples no sertão de Pernambuco. Quando criança, sempre brincava de imitar bandas de música de sua cidade. O menino improvisava a brincadeira utilizando latinhas e pífanos. Aos 14 anos de idade, já era um dos integrantes da banda local, tocando saxofone, clarinete, pistom, banjo, violão e bateria. Nessa ocasião, decidiu fugir de casa em direção a uma cidade maior, com o propósito de expandir seu talento musical. Sua primeira oportunidade de apresentação no rádio ocorreu no ano de 1943, no programa Vitrine, da rádio Clube de Pernambuco. No ano seguinte, o compositor ingressou na banda da Polícia Militar da Paraíba, como sax-tenorista, tendo-se desligado como sargento músico de primeira classe.Em 1945, Severino Araújo, líder da Orquestra Tabajara, que trabalhava na rádio PRI-4, recebeu um convite para atuar no Rio de Janeiro. Com isso, houve a necessidade de se estruturar uma nova orquestra, para a qual o instrumentista foi convidado a participar.Moacir José ingressou, assim, na função de sax-tenorista e clarinetista da Jazz Band, da rádio PRI-4, rádio Tabajara da Paraíba. Continuou compondo suas músicas e, dois anos depois, já casado com Cleonice, foi nomeado regente da orquestra.Com produção de Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentado por Narcélio Limaverde, o programa Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h. A reprise acontece às terças-feiras, a partir das 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 04 Junho 2018 12:25

Abluesando

No programa Abluesando, desta sexta-feira (01/06), o destaque é para o trabalho de um dos mais importantes bluesman do Blues elétrico. T-Bone Walker, referência para muitos guitarristas como Jimi Hendrix, Walker foi um dos pioneiros na eletrificação da guitarra e responsável pela criação de riffs imortalizados por toda uma geração que o sucedeu no Blues e em outros ritmos. O multi-instrumentista nascido em Linden, Texas, em 28 de maio de 1910, começou a carreira ainda adolescente, pelos anos 1920, em Dallas. Morreu aos 64 anos, depois de sofrer um acidente vascular cerebral.  Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando é transmitido às sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Sexta, 01 Junho 2018 11:49

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais destaca, nesta quarta-feira (30/05), às 20h, a carreira artística de Fagner e as apresentações  dele em festivais de música. Raimundo Fagner Cândido Lopes, um dos integrantes nos anos 1970 do chamado Pessoal do Ceará, nasceu em Fortaleza em 1949, batizado na Igreja do Carmo, e registrado no município de Orós. Considerado um dos ícones da música brasileira, começou a se revelar em festivais de música na Capital cearense. Com apenas cinco anos de idade, Fagner conquistou o primeiro lugar em festival de interpretação (concurso para cantores infantis) em homenagem ao Dia das Mães, promovido pela rádio Iracema.Em 1968, venceu o Festival da Música Popular do Ceará,  com a composição “Nada Sou”, dele e de Marcus Francisco. Fagner, com mais de 40 anos de carreira, é um dos grandes nomes da música brasileira.Ainda durante o programa, canções e interpretações de Tom Zé, Roberto Carlos, Mona Gadelha, Banda Rivera, Taiguara, Jean Garfunkel, Fernando Rosa, entre outros.Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o programa vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Eleições 2018

Enquete

O que você acha da campanha Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio?

Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500