Fortaleza, Segunda-feira, 17 Dezembro 2018

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Quinta, 02 Agosto 2018 11:44

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais apresenta, nesta quarta-feira (01/08), a carreira do cantor e compositor Serrão de Castro.Nascido em Belém, no Pará, e criado no bairro Praia de Iracema, em Fortaleza, o músico começou a participar de festivais no início da década de 80. Ele concorreu no Festival da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade e no Festival do Colégio Marista Cearense. Na ocasião, foi escolhido o melhor intérprete. Ainda na década de 80, Serrão de Castro ingressou no Coral do Povo, em 1986, ano em que participou dos vocais, junto com Aparecida Silvino e Izidório, na música “Contrastando”, autoria de Haroldo Holanda e Francisco Linhares, no Festival Universitário da Universidade Federal do Ceará (UFC), com acompanhamento da Banda Oficina. O programa Sons dos Festivais traz ainda composições e interpretações de Tom Jobim, Luiz Melodia, Mário Soul, Leny Andrade, Jack  Sttofel e Ruy Vanti, Lulu Santos, Grupo Voz, entre outros.  Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Sexta, 13 Julho 2018 11:56

Gonzagando

O programa Gonzagando  desta quinta-feira (12/07) destaca o "Ouve Festival", evento que reúne música, cinema e exposição fotográfica. Iniciado na quarta-feira (11/07), no Teatro Sesi, em Goiânia (GO), o festival segue  até sábado (14/07) com a exibição de cinco shows, seis filmes e uma exposição de fotos em homenagem a artistas da música popular brasileira, como Luiz Gonzaga, Marisa Monte, Ney Matogrosso e Amado Batista. Segundo a organização, a proposta do festival é levar ao público diversas linguagens artísticas que dialogam entre si sobre a música. O tema do festival, que acontece pela primeira vez em Goiás, é a “Música para ver e ouvir”. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.  

Vídeo relacionado

Quinta, 12 Julho 2018 14:19

Sons dos Festivas

O programa Sons dos Festivais, desta quarta-feira (11/07), mostra a participação do cantor Caetano Veloso em festivais de música desde o início de sua trajetória musical. Caetano iniciou a carreira artística em 1952, cantando para a família as canções “Feitiço da Vila”, de Vadico e Noel Rosa, e “Mãezinha Querida”, de Getúlio Macedo e Lourival Faissal. Ao piano, quem acompanhava era a irmã Nicinha. Em 1956, aos 14 anos de idade, Caetano passou uma temporada no Rio de Janeiro, onde frequentava o auditório da Rádio Nacional, palco de concursos de calouros e apresentações dos maiores ídolos musicais brasileiros. Em 1960, passa a morar com a família em Salvador. No ano seguinte, intensifica o interesse por música, graças à Bossa Nova, que em 2018 completa 60 anos.  Ainda serão destaques no programa as músicas e interpretações de Raul Seixas, Ellen Oléria, Lauro Benevides e Os Vagalumes,Fausto Nilo, Aparecida Silvino, Indiada Buena, Régis Brito, entre outros. Com produção de Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h. A reprise acontece aos sábados a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 10 Julho 2018 12:28

Sinatra e Amigos

O programa Sinatra e Amigos desta segunda-feira (09/07), apresenta o memorável álbum “My Way”, de Frank Sinatra. Lançado em março de 1969 pela Reprise Records, o disco foi gravado entre dezembro de 1968 a fevereiro de 1969 nos estúdios Western, em Hollywood, com produção de Don Costa e Sonny Burke. Dentre as canções do álbum estão “Watch What Happens”, “My Way”, “Yesterday” e “All My Tomorrows”. Em 2009, o álbum foi reeditado e lançado em CD, com duas faixas bônus ao vivo de Sinatra cantando “My Way” e “For Once in My Life”. A edição faz ainda uma homenagem ao compositor Vinicius de Moraes pelos 38 anos da morte, completado no dia 9 de julho. Frank Sinatra, no disco “Francis Albert Sinatra & Antonio Carlos Jobim”, de 1967, interpretou as canções “The Girl from Ipanema” ou “Garota de Ipanema” e “How Insensitive” ou “Insensatez”. Produzido e apresentado pelo jornalista Renato Abreu, o Sinatra e Amigos vai ao ar às segundas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 09 Julho 2018 12:20

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (08/07), rende homenagens ao compositor e instrumentista carioca José Ribamar Pereira da Silva, irmão do compositor Esdras Pereira da Silva. Aos sete anos de idade, começou a estudar piano com a avó.  Antes de iniciar a carreira artística, trabalhou no funcionalismo público.  Começou como músico profissional em 1950, acompanhando Dolores Duran. No mesmo ano, venceu o concurso para escolha de um pianista de música popular na rádio Nacional. Em 1952, teve a primeira composição gravada, o bolero "Duas vidas", com Esdras Pereira da Silva, na voz de Fernando Barreto. Ribamar Pereira ficou conhecido no meio artístico, morreu em 1987, aos 68 anos. Produzido por Fátima Abreu e Ronaldo César e apresentado por Narcélio Limaverde, Brasilidade vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise nas terças-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 09 Julho 2018 12:16

Qual é o Tom do Ceará?

O programa Qual é o Tom do Ceará?, deste sábado (07/06), traz um programa especial sobre o disco Ceará Terra da Luz. O álbum foi lançado em 1965, em homenagem aos 30 anos da Ceará Rádio Clube, a primeira emissora AM do estado. O LP tem 12 músicas que foram compostas por artistas cearenses, entre eles, Lauro Maia e Humberto Martins. As canções são interpretadas por cantores cearenses, como Evaldo Gouveia, e conjuntos que marcaram a época: Vocalistas Tropicais, Quatro Ases e Curinga e Trio Nagó.  Também participa do álbum o músico cearense Gilberto Milfont, que também foi responsável pela gravação de mais de 40 LPs e marchinhas de carnaval. Produzido e apresentado pela jornalista Ian Gomes, o  programa Qual é o Tom do Ceará? vai ao ar aos sábados às 12h, com reprise às quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Segunda, 09 Julho 2018 12:12

Abluesando

O programa Abluesando, desta sexta-feira (06/07), apresenta a carreira do pioneiro na eletrificação da gaita, Little Walter. Ele nasceu em 1930, em Rapides Parish, no Estado da Lousiana, nos Estados Unidos. Little Walter aprendeu a tocar quando criança. Aos 12 anos, saiu da escola e começou a viajar. Entre as cidades visitadas, Memphis, Helena, Arkansas e St.Louis, nos Estados Unidos. Walter aperfeiçoou suas habilidades como gaitista e guitarrista, tocando com Sonny Boy Williamson II, Sunnyland Slim, Honeyboy Edwards, entre outros. Little foi a Chicago, também nos Estados Unidos, com 15 anos de idade, em 1945. Ao chegar na cidade, passou a trabalhar como guitarrista, mas chamou  atenção quando tocava gaita. Por causa do talento, o instrumentista é comparado a Charlie Parker e Jimi Hendrix.  Em 1947, começou a gravar os primeiros discos na gravadora Ora-Nelle Records. No ano seguinte, Little Walter ingressou na banda de Muddy Waters e em 1950, tocava em gravações de Muddy para a Chess Records. Em 1951 gravou, usando o recurso de amplificação da gaita, no disco Country Boy de Muddy Waters. O maior sucesso de Little é a canção "Juke". Entre 1952 e 1958, ampliou a lista de sucessos com a canção "My Babe". O gaitista morreu em 1968, aos 37 anos. A causa da morte de Little Walter foi registrada como trombose coronária. Abluesando é transmitido todas as sextas-feiras, a partir das 20h30, com produção e apresentação do jornalista Robério Lessa.

Vídeo relacionado

Sexta, 06 Julho 2018 11:27

Gonzagando

O programa Gonzagando destaca, na edição desta quinta-feira (05/07), o disco Violão no Forró vol. 1, lançado em 2017. O álbum reúne os músicos Alexandre Gismonti, Bola Sete (Djalma de Andrade), Daniel Murray, Douglas Lora, Duo Siqueira Lima, Garoto (Aníbal Augusto Sardinha) e  Gilberto Gil. Trata-se de uma compilação de vários artistas, com releitura de clássicos do forró. Nomes como Luiz Gonzaga, Sivuca, Humberto Teixeira, Dominguinhos, Manezinho Araújo e outros são homenageados no trabalho em canções como Emboscada, Noite Severina, Mulher rendeira, e Fuga para o Nordeste. Participam ainda do trabalho, os músicos Guanduo, Guinga, Heraldo do Monte, Josué Costa, Laurindo Almeida, Lenine, Marcello Gonçalves, Meira (Jayme Florence), Nonato Luiz, Paulo Bellinati, Vinícius Sarmento e Zé Paulo Becker. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 05 Julho 2018 13:04

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais  destaca, nesta quarta-feira (04/07), as participações de Roberto Carlos em festivais da canção no Brasil e no exterior. Nascido em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Espírito Santo,  no dia19 de abril de 1941, Roberto aprendeu a tocar violão e piano ainda criança. A princípio, com a mãe Laura Moreira Braga. Depois, no Conservatório Musical de Cachoeiro de Itapemirim. Incentivado pela mãe, cantou pela primeira vez em um programa infantil na rádio Cachoeiro, aos 9 anos, cantando o bolero "Amor y Más Amor". Como prêmio pelo primeiro lugar, recebeu balas. O Programa Sons dos Festivais apresenta ainda canções e interpretações de 14 Bis, Zé Ramalho, Mario Paiva e Os Transcendentais, Sérgio Sampaio, Leonel Laterza, Cynara e Cibele, Sá e Guarabyra, Paulo Rossglow e Trem do Futuro, entre outros. Produzido por Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o programa vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Terça, 03 Julho 2018 12:25

Brasilidade

O programa Brasilidade, deste domingo (01/07), rende homenagens ao Conjunto Sete de Ouros, criado no Rio de Janeiro no final do ano de 1959. O conjunto vocal e instrumental é formado pelos cantores Lenita Bruno e José Delphino Filho (Zezinho), pelo contrabaixista Pedro Vidal Ramos, o compositor e pianista Lauro Osório Miranda (Louro Miranda) e o baterista Paulo Fernando de Magalhães (Paulinho Baterista). Também eram integrantes do grupo musical o saxofonista tenor, líder de orquestra e arranjador Orlando Costa (maestro Cipó), o trompetista Julinho Barbosa (Julinho do Trompete) e o instrumentista, arranjador e maestro Edmundo Maciel Palmeira (Ed Maciel). Em 1952, o Conjunto Sete de Ouros lançou, pela gravadora Odeon, o álbum musical "7 de Ouros", com as canções “Prefixo”, de Júlio Barbosa; “Menina Feia”, de Luvercy Fiorini e Oscar Castro Neves; “Penúltimo”, de Guaxinin e Duba; "Never on Sunday", de M.Hadjidakis e B. Towne; “Cocktail For Two”, de Arthur Johnson e Sam Coslow, e “Fiz o Bobão”, de Luiz Reis e Haroldo Barbosa. Todas as músicas em interpretações instrumentais. Também fazem parte do disco as faixas “Dizem Por Aí”, de Manoel da Conceição e Alberto Paz; “Chorou, Chorou”, de Luiz Antôni,; e “Você Passou”, de Nazareno de Brito e Alcyr Pires Vermelho, na interpretação de Zezinho, e “Saudade Não Tem Cor”, de Lauro Miranda e Octavio Miranda. Por volta de 1963, o grupo sofreu alterações e passou a ser basicamente instrumental, com as saídas dos vocalistas Lenita Bruno e Zezinho. Também deixaram o grupo o baterista Paulinho, substituído por Papão, e Lauro Miranda. A nova composição do conjunto passou a ser formada pelo sax-barítono Gennaldo, o pianista José Marinho e pelo clarinetista, compositor, arranjador e regente Sebastião de Barros, conhecido artisticamente como K-Ximbinho. Permaneceram no grupo Edmundo Maciel, Julinho Barbosa, maestro Cipó e Vidal. O Brasilidade é produzido por Fátima Abreu e Ronaldo César, com apresentação de Narcélio Limaverde. Vai ao ar aos domingos, às 18h, com reprise nas terça-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Enquete

Como você pretende utilizar o 13º salário?

Na compra de presentes e em viagem - 7.4%
Investir na poupança ou outra aplicação mais rentável - 22.3%
No pagamento de dívidas - 70.2%
A votação para esta enquete foi encerrada em: %17 %b %2018 - %10:%Dez
Musicais - QR Code Friendly


 

  29ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500