Fortaleza, Quinta-feira, 19 Setembro 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Musicais
Segunda, 13 Agosto 2018 10:48

Abluesando

O programa Abluesando desta sexta-feira (10/08) apresenta a carreira do músico, cantor, compositor, multi-instrumentista e produtor americano Johnny Winter. Nascido em Beaumont, Texas, nos Estados Unidos, em 23 de fevereiro de 1944. Sua carreira na música começou com quinze anos de idade, quando sua banda “Johnny and the Jammers” lançou o trabalho "School Day Blues". Winter, ao lado de Roy Head e os Traits, se apresentava na área de Beaumont. Em 1967, gravou com os Traits os singles "Tramp" e "Parchman Farm". No ano seguinte, lançou seu primeiro álbum, The Progressive Blues Experiment, na Sonobeat Records, de Austin. A maior oportunidade de Winter aconteceu em dezembro de 1968, quando o guitarrista e compositor americano Mike Bloomfield o convidou para cantar e tocar uma música durante um concerto de Bloomfield e Al Kooper , no Fillmore East, em Nova York.  Por acaso, representantes da gravadora Columbia Records estavam no show. Winter tocou e cantou "It's My Own Fault", de BB King. Em poucos dias, assinou com o que seria o maior avanço da história da indústria fonográfica naquela época, atingindo o valor de 600 mil dólares.  Winter foi ativo até a sua morte, que ocorreu em Zurique, na Suíça, em 16 de julho de 2014. Ele foi encontrado morto, aos 70 anos, em um quarto de hotel dois dias após sua última apresentação, no Cahors Blues Festival, na França. Produzido e apresentado pelo jornalista Robério Lessa, o Abluesando vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 20h.

Vídeo relacionado

Quinta, 09 Agosto 2018 17:52

Gonzagando

Chiquinha Gonzaga é destaque no programa Gonzagando, da rádio FM Assembleia (96,7 MHz), desta quinta-feira (09/08). A compositora, cantora e irmã mais nova do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, rompeu o preconceito em casa, desafiando a mãe, Dona Santana, ao tocar os oito baixos do pai, Januário.Como, à época, sanfona era coisa para homem,  Chiquinha Gonzaga aprendeu a tocar o instrumento sozinha e às escondidas. A emancipação só veio em 1949, quando o irmão Luiz Gonzaga, já desfrutando da fama de sanfoneiro no Rio de Janeiro, comprou um caminhão e mandou buscar a família em Exu, interior pernambucano.Em 1950, ela iniciou a carreira artística fazendo coro com as irmãs para Luiz Gonzaga, no grupo que ficou conhecido como Os Gonzaga. Cantou nas rádios Mayrink Veiga, no Rio de Janeiro, e Record, de São Paulo. Ainda em 1950, participou com os irmãos do show de inauguração da TV Tupi.Seu último trabalho foi o CD "Chiquinha Gonzaga - 8 & 80", lançado em 2006.Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o programa Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aosdomingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Terça, 07 Agosto 2018 14:30

Sinatra e Amigos

A edição desta segunda-feira (06/08) do programa  Sinatra e Amigos, da rádio FM Assembleia (96,7MHz), reproduz, na íntegra, o disco “That’s Life”, lançado em 1966 pela Reprise Records.Com arranjos e condução de Ernie Freeman, a música título do álbum manteve Sinatra no Top 5 das paradas de rádio, mesmo com o domínio total de gêneros como o rock na década de 1960. Outra curiosidade é o fato de o álbum ter sido lançado em CD exatamente duas semanas antes de o cantor norte-americano falecer, aos 82 anos.Durante o programa, poderão ser ouvidas canções como “That's Life”, “Somewhere My Love”, “Sand and Sea”, “What Now My Love”, “Winchester Cathedral” e “The Impossible Dream”.Sinatra e Amigos, com a apresentação do jornalista Renato Abreu, é transmitido todas as segundas, às 20h, com reprises aos sábados, às 18h.

Vídeo relacionado

Segunda, 06 Agosto 2018 14:25

Qual é o Tom do Ceará?

O cantor, compositor e produtor musical David Ávila é o convidado do programa Qual é o Tom do Ceará, da FM Assembleia (96,7MHz), deste sábado (04/08), às 12h.Desde 2003, David Ávila participa de diferentes projetos ligados à pesquisa da música brasileira e jamaicana. Alguns renderam disco – “Kayangaço”, em 2006 – e abriram portas para o músico trabalhar e dividir palco com bandas como Groundation, Dezarie, Alpha Blondy, The Original Waylers (banda de Bob Marley), Black Eyed Peas, Manu Chao, Nação Zumbi e O Rappa.O músico lançou também dois DVDs, de forma independente: “Guerreiros e Poetas” e “Varanda Mundo”. Como intérprete, tem vasto repertório de acervo nacional, reunindo influências e criando releituras de nomes como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Tim Maia e muitos outros. A música brasileira, soul, jazz e reggae resumem as principais referências para a escolha de suas apresentações.Qual é o Tom do Ceará vai ao ar aos sábados, com apresentação e produção da jornalista Ian Gomes. A reprise acontece nas quartas-feiras, às 23h.

Vídeo relacionado

Sexta, 03 Agosto 2018 14:18

Gonzagando

O programa Gonzagando da rádio FM Assembleia (96,7MHz) desta quinta-feira (02/08) recorda o disco de Luiz Gonzaga "Eu e Meu Pai", lançado em 1979 pela gravadora RCA.O álbum conta com 14 faixas, com destaque para as célebres "Romance Matuto", composta por Luiz Bandeira, "Respeita Januário", de Humberto Teixeira em parceria com o Rei do Baião, e "Súplica Cearense", de Gordurinha e Nelinho. O disco relembra ainda a história contada por Luiz Gonzaga do reencontro com os pais ao voltar para casa.Os arranjos e regência das canções são de Orlando Silveira, acordeão de Dominguinhos e Chiquinho, Dino no violão de sete cordas e Azulão no zabumba.Com produção de Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio,  Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h, com reprise aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Sexta, 03 Agosto 2018 14:18

Gonzagando

O programa Gonzagando, da FM Assembleia (96,7 MHz), desta quinta-feira (26/07) vai destacar o projeto de lei da Câmara Municipal de Campina Grande (PB),  que torna o Troféu Gonzagando como patrimônio cultural imaterial de Campina Grande. A iniciativa é do vereador Renan Maracajá (PSDC/PB).O troféu, que chegou a sua 10ª edição em 2018, é atualmente conhecido nacionalmente como o "Oscar do Forró". O prêmio surgiu para fortalecer a essência do forró tradicional e preservar a memória dessa arte. Agora, passa a ser um legado dos artistas nordestinos a ser preservado, tornando-se alvo de políticas afirmativas de permanência.Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Sexta, 03 Agosto 2018 14:17

Gonzagando

O programa Gonzagando da rádio FM Assembleia (96,7MHz) desta quinta-feira (19/07) destaca um dos momentos culturais mais tradicionais do noroeste paulista, o Festival Internacional de Teatro (FIT Rio Preto), realizado em São José do Rio Preto (SP).Na abertura do encontro, no anfiteatro Nelson Castro, na represa municipal,  a apresentação do Grupo Magiluth, de Pernambuco, com o espetáculo Luiz Lua Gonzaga. De maneira poética, os pernambucanos prestaram homenagem ao Rei do Baião, com apresentação de um trio pé de serra, interpretando sucessos como Asa Branca, Assum Preto, Último Pau de Arara e Pense N'eu.O musical, com a direção de Pedro Vilela, fez um resgate artístico do universo que Luiz Gonzaga criava com suas composições e figura carismática.Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.

Vídeo relacionado

Quinta, 02 Agosto 2018 11:44

Sons dos Festivais

O programa Sons dos Festivais apresenta, nesta quarta-feira (01/08), a carreira do cantor e compositor Serrão de Castro.Nascido em Belém, no Pará, e criado no bairro Praia de Iracema, em Fortaleza, o músico começou a participar de festivais no início da década de 80. Ele concorreu no Festival da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade e no Festival do Colégio Marista Cearense. Na ocasião, foi escolhido o melhor intérprete. Ainda na década de 80, Serrão de Castro ingressou no Coral do Povo, em 1986, ano em que participou dos vocais, junto com Aparecida Silvino e Izidório, na música “Contrastando”, autoria de Haroldo Holanda e Francisco Linhares, no Festival Universitário da Universidade Federal do Ceará (UFC), com acompanhamento da Banda Oficina. O programa Sons dos Festivais traz ainda composições e interpretações de Tom Jobim, Luiz Melodia, Mário Soul, Leny Andrade, Jack  Sttofel e Ruy Vanti, Lulu Santos, Grupo Voz, entre outros.  Com produção de Nazicélia Costa e apresentação de Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h, com reprise aos sábados, às 16h.

Vídeo relacionado

Sexta, 13 Julho 2018 11:56

Gonzagando

O programa Gonzagando  desta quinta-feira (12/07) destaca o "Ouve Festival", evento que reúne música, cinema e exposição fotográfica. Iniciado na quarta-feira (11/07), no Teatro Sesi, em Goiânia (GO), o festival segue  até sábado (14/07) com a exibição de cinco shows, seis filmes e uma exposição de fotos em homenagem a artistas da música popular brasileira, como Luiz Gonzaga, Marisa Monte, Ney Matogrosso e Amado Batista. Segundo a organização, a proposta do festival é levar ao público diversas linguagens artísticas que dialogam entre si sobre a música. O tema do festival, que acontece pela primeira vez em Goiás, é a “Música para ver e ouvir”. Produzido por Fátima Abreu e apresentado por Gerardo Anésio, o Gonzagando vai ao ar às quintas-feiras, a partir das 20h. A reprise acontece aos domingos, às 6h.  

Vídeo relacionado

Quinta, 12 Julho 2018 14:19

Sons dos Festivas

O programa Sons dos Festivais, desta quarta-feira (11/07), mostra a participação do cantor Caetano Veloso em festivais de música desde o início de sua trajetória musical. Caetano iniciou a carreira artística em 1952, cantando para a família as canções “Feitiço da Vila”, de Vadico e Noel Rosa, e “Mãezinha Querida”, de Getúlio Macedo e Lourival Faissal. Ao piano, quem acompanhava era a irmã Nicinha. Em 1956, aos 14 anos de idade, Caetano passou uma temporada no Rio de Janeiro, onde frequentava o auditório da Rádio Nacional, palco de concursos de calouros e apresentações dos maiores ídolos musicais brasileiros. Em 1960, passa a morar com a família em Salvador. No ano seguinte, intensifica o interesse por música, graças à Bossa Nova, que em 2018 completa 60 anos.  Ainda serão destaques no programa as músicas e interpretações de Raul Seixas, Ellen Oléria, Lauro Benevides e Os Vagalumes,Fausto Nilo, Aparecida Silvino, Indiada Buena, Régis Brito, entre outros. Com produção de Nazicélia Costa e apresentado por Haroldo Holanda, o Sons dos Festivais vai ao ar às quartas-feiras, às 20h. A reprise acontece aos sábados a partir das 16h.

Vídeo relacionado

Portal do Servidor

Setembro Amarelo

Enquete

A proibição de canudos de plástico pode ajudar na preservação ambiental?

Musicais - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500