Fortaleza, Sábado, 23 Setembro 2017

Pesquisar

Processo virtual


Projetos

Publicações

Eventos e Destaques

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quinta, 13 Julho 2017 13:06

Elmano Freitas afirma que sentença de Moro é um ataque à democracia

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Elmano Freitas Deputado Elmano Freitas Foto: Máximo Moura
O deputado Elmano Freitas (PT) avaliou, durante o primeiro expediente desta terça-feira (13/07), a sentença condenatória prolatada pelo juiz federal Sérgio Moro. De acordo com o parlamentar, trata-se de uma sentença política que tem como objetivo tirar o ex-presidente Lula da disputa presidencial do próximo ano.

Elmano Freitas informou que a legislação prevê que nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas em declarações de agentes colaboradores - chamados de delatores. “É óbvio que esse sujeito vai entregar pessoas e também inventar histórias para ter o maior benefício possível. A delação serve para que a Justiça encontre provas”, comentou.

Elmano Freitas salientou que a sentença do juiz é exclusivamente centrada na palavra de um delator. “Foi acusado de receber um bem que não está no nome dele”, rebateu. Além disso, informou que Lula não possui bens ou contas obtidos com recursos ilícitos. “Não há comprovante porque não tem a conta. Lula é perseguido porque ajudou os mais pobres”, criticou.

O parlamentar disse que a sentença não se sustenta porque tenta imputar ao ex-presidente a responsabilidade de atos praticados por terceiros, que eram subordinados a ele. “No direito penal, a conduta é pessoal. Portanto, temos, nesse caso, uma grave violação do direito, não apenas do Lula, mas de qualquer cidadão, que pode ser acusado e condenado sem provas”, lamentou.

Elmano Freitas recordou que o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari neto, também condenado por Moro, teve a sentença modifica e foi absolvido pelo Tribunal Regional Federal por ausência de provas. “Quem atacou Vaccari não teve a dignidade de pedir desculpa. Mas ataca e deixa no ar, para ver se o povo se convence da mentira”, comentou.  

JS/GS

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 88 vezes Última modificação em Quinta, 13 Julho 2017 15:39

Mídia

Recadastramento

Portal do Servidor

Comitê / Frente

Enquete

Como combater o aumento da violência no País?


 

  29ª Legislatura - Assembléia Legislativa do Ceará                                                                                    Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500