Fortaleza, Segunda-feira, 26 Agosto 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 21 Novembro 2018 06:13

Devolução de empréstimo para Fortaleza gera críticas

Avalie este item
(0 votos)
A devolução do Senado ao Executivo de uma solicitação de empréstimo de US$ 150 milhões do Banco Mundial, para financiar o programa "Fortaleza Cidade Sustentável", não caiu bem entre parlamentares cearenses. O tema levou vários parlamentares às tribunas da Casas Legislativas para cobrar do senador Eunício Oliveira (MDB) que trabalhe pela liberação dos recursos que, segundo Fernando Hugo (PP), um dos que liderou a revolta contra a situação, o senador, que não se reelegeu, tem sido uma figura “luminar” na solução de problemas do Estado. “Se o era ontem, por que não sê-lo ser hoje também, para ser história viva amanhã?”, questionou.   O parlamentar afirmou que não acredita que o responsável pela devolução tenha sido Eunício. Mas fez um apelo para que o senador trabalhe para liberar os recursos, tendo protocolado um ofício à Presidência do Senado com a solicitação. “Eu não quero acreditar que quem tanto fez e tanta força tem não tenha força para isso. Aí sim, se o senador não se movimentar ou não disser à Prefeitura que falta documento X, Y, Z, será possível acreditar em fake news que estão circulando por aí”, explica. “Eu acho que ele não é assim tão pequeno”.   Fernando Hugo apresentou requerimento cobrando explicações Miguel Martins Este mês, o pedido de empréstimo, que precisa ser autorizado pela Câmara Alta do Congresso Nacional, foi devolvido para a Casa Civil da Presidência. E, de acordo com críticos, isso aconteceu sem nenhuma explicação prévia. “Estão dizendo que isso é um troco do senador porque teve votação pífia em Fortaleza. Eunício precisa esclarecer isso”, disse João Jaime (DEM).   Aliados de Eunício saíram em sua defesa na tribuna da Casa. Walter Cavalcante (MDB) afirmou ser falsa a acusação de retaliação contra Fortaleza. Já Danniel Oliveira (MDB), sobrinho do senador, disse estranhar as falas dos colegas e pediu “responsabilidade e respeito com o senador Eunício”. De acordo com ele, o Senado, durante a gestão de seu tio, já liberou mais de R$ 2 bilhões para Fortaleza.   Vereadores   Na Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), a notícia também não foi bem recebida. Para Renan Colares (PDT), vice-líder da prefeitura na Casa e filho de Fernando Hugo, a devolução foi fruto de uma “canetada” sem maiores explicações. Ele é signatário de um ofício ao Senado e à Casa Civil da Presidência sobre as razões para a devolução.   O segundo vice-presidente da Casa, Didi Mangueira (PDT), também fez críticas, apontando que sua base eleitoral, o Grande Bom Jardim, seria diretamente afetado, já que os recursos financiariam a criação do Parque Ecológico da Lagoa da Viúva, na divisa entre Fortaleza e Maracanaú. Ele cobrou a criação de uma comissão de vereadores para ir a Brasília ainda esta semana para cobrar explicações.   Gardel Rolim (PPL) foi mais duro. Para ele, caso seja verdadeiro o cenário de retaliação, o Ceará fez bem em não reeleger Eunício. “Alguém que trata as questões dos municípios do Ceará da forma como o senador o fez, de fato, não merece representar os cearenses no Senado”, explica.   Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa de Eunício não atendeu às ligações da reportagem.
Lido 607 vezes

Portal do Servidor

Agosto Lilás

Enquete

Você utiliza o meio virtual para fazer negócios ou estudar?

Devolução de empréstimo para Fortaleza gera críticas - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500