Fortaleza, Terça-feira, 17 Setembro 2019

Pesquisar

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sexta, 23 Agosto 2019 12:07

Heitor Férrer comenta projeto do Governo sobre integração do SUS

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Heitor Férrer Deputado Heitor Férrer Foto: Edson Júnior Pio
O deputado Heitor Férrer (SD) ressaltou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta sexta-feira (23/08), o projeto de lei do Poder Executivo, que dispõe sobre a integração no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), das ações e serviços de saúde em regiões do Ceará.

Segundo o parlamentar, a proposta de n°69/19 (https://www2.al.ce.gov.br/legislativo/proposicoes/ver.php?nome=30_legislatura&tabela=projeto_mens&codigo=61), que está tramitando na AL, deve receber o apoio de todos os colegas da Casa já que busca melhorias na saúde do Estado. “Temos grandes deficiências na saúde. São muitas pessoas nas filas esperando por cirurgias, entre demais problemas”, disse.

Heitor Férrer destacou matérias que estão circulando na imprensa cearense, afirmando que o Ceará fará seleção pública para contratar sete mil profissionais da saúde. “Uma seleção pública é uma contratação temporária. Não existe segurança. Temos desejo que tudo dê certo, porém, não podemos começar na contramão. O certo é fazer concurso público para os profissionais da saúde”, assinalou.

O deputado ressaltou ainda que o secretário da saúde, doutor Cabeto, deve comparecer à Assembleia Legislativa para explicar os planos para melhoria da saúde, pela proposta do Governo. “Estamos todos torcendo por melhorias e confiando no doutor Cabeto, que é um excelente profissional. Porém, precisamos cobrar o reconhecimento da categoria médica e cobrar ainda concursos e segurança no trabalho”, afirmou.

O parlamentar explicou que vai buscar abrir diálogo sobre a proposição, solicitando concursos públicos para os profissionais que serão contratados. “O correto é tratar o médico como o promotor é tratado. Dando segurança de carreira, e não, fazendo uma contratação que pode resultar em demissão a qualquer momento”, disse.
GM/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 112 vezes

Portal do Servidor

Setembro Amarelo

Enquete

A proibição de canudos de plástico pode ajudar na preservação ambiental?

Heitor Férrer comenta projeto do Governo sobre integração do SUS - QR Code Friendly


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500