Fortaleza, Domingo, 04 Dezembro 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Soldado Noelio critica novo governo por instalação de câmeras em unidades prisionais - QR Code Friendly
Quarta, 23 Novembro 2022 14:15

Soldado Noelio critica novo governo por instalação de câmeras em unidades prisionais

Avalie este item
(0 votos)
Deputado Soldado Noélio (União) Deputado Soldado Noélio (União) Foto: José Leomar
O deputado Soldado Noelio (União) criticou, no tempo de explicações pessoais da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (23/11), o governador eleito Elmano Freitas, que teria anunciado a decisão de instalar câmeras em unidades prisionais do Ceará.

Segundo o parlamentar, a nova gestão estadual “vai gastar milhões” na aquisição de câmeras para proteger "vagabundos", assinalou. “O crime está tomando conta da sociedade, e as autoridades políticas enviam mensagens para blindar o crime organizado”, protestou.

Soldado Noelio ressaltou que o Poder Executivo não investe na instalação de câmeras nos gabinetes das secretarias estaduais e no Palácio da Abolição. “Não tem câmera nos gabinetes do Governo e nem dos aliados. Teve secretário que teve passaporte apreendido e não tem câmera para ele, mas tem para os policiais. Existe no Brasil um princípio constitucional que é a presunção de inocência, que só funciona no papel. Esta só serve para o infrator”, ironizou.

O deputado salientou ainda que “não há esforço do Governo do Estado” para melhorar a qualidade de trabalho aos policiais. Ele sugeriu a instituição de auxílio-alimentação e um adicional de risco de vida pelo novo governo. “É legal um PM que arrisca a vida na viatura receber menor auxílio-alimentação que os demais servidores? Arrisca a vida e não tem o direito de um adicional de risco de vida?”, questionou.

O parlamentar criticou ainda o Poder Judiciário por, segundo ele, limitar as atividades policiais. “Daqui a pouco, o policial vai receber o salário sem fazer nada. É proibido abordar com base na experiência ou em uma blitz se o indivíduo fugir. O crime está tomando conta, mas me parece que a Justiça tem trabalhado para defender o crime”, assinalou.

LV/CG

 

 

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 268 vezes Última modificação em Quinta, 24 Novembro 2022 06:28

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500