Fortaleza, Sábado, 25 Junho 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Projeto Bem-Me-Quero do MMLC inicia 3ª turma em parceria com o TJCE - QR Code Friendly
Quarta, 25 Mai 2022 17:09

Projeto Bem-Me-Quero do MMLC inicia 3ª turma em parceria com o TJCE

Avalie este item
(0 votos)
O desenvolvimento da autoestima, autoconhecimento e inteligência emocional de mulheres vítimas de violência e egressas do sistema penitenciário é o foco do projeto Bem-Me-Quero, iniciativa do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC).
 
Em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), por meio das Varas de Execução Penal, o projeto Bem-Me-Quero deu início a sua terceira turma nesta quarta-feira (25/05), no Anexo III da Assembleia Legislativa do Ceará.
 
Com encontros semanais que seguirão até o mês de agosto, as mulheres participantes poderão vivenciar a cada sessão experiências para o fortalecimento emocional e reinserção social de forma mais saudável e empoderada.
 
Viviane Vale, coach e mentora do projeto, explica que todas as sessões do projeto abordam questões relacionadas ao autoconhecimento e autoestima, englobando, por exemplo, autoresponsabilidade, comunicação, linguagem de amor, relacionamentos interpessoais e foco.
 
Em abril, complementa Viviane, foram iniciadas as atividades de outras cinco turmas para o público interno da Alece, sendo quatro para mães e cuidadoras de crianças e adolescentes acompanhadas pelo Centro Inclusivo para Atendimento e Desenvolvimento Infantil (Ciadi) e uma para servidoras.
 
Socorro Fagundes, psicóloga do Tribunal de Justiça do Ceará, definiu o projeto como um “trabalho de excelência”. Ela comentou que as mulheres que saem do sistema penitenciário precisam de um atendimento no sentido de empoderamento, aumento da autoestima e melhoria das relações familiares, sociais, comunitárias.
 
A promotora de Justiça Joseana França Pinto, do  Núcleo de Atendimento às Vítimas da Violência (NUAVV) do Ministério Público do Estado do Ceará, explicou a relevância do acolhimento e fortalecimento da autoestima para mulheres que vivenciaram situações de violência e, por isso, se sentem vulneráveis, muitas vezes, apresentando adoecimento mental.
 
Segundo ela, muitas mulheres saem de experiências como o projeto com novas perspectivas, ressignificando a própria história e buscando transformação na vida.
 
Em nome da presidente do MMLC e primeira-dama da Alece, Cristiane Leitão, a presidente de honra do Movimento, Meire Costa Lima, agradeceu a presença e exaltou o projeto, ressaltando a diferença que faz na vida de quem participa, assim como as trocas de aprendizado proporcionadas pelos encontros.
 
SA/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 187 vezes Última modificação em Quarta, 25 Mai 2022 17:23

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500