Fortaleza, Sábado, 22 Janeiro 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Roberto Mesquita critica declarações  de Antonio Carlos   - QR Code Friendly
Quinta, 15 Março 2012 14:04

Roberto Mesquita critica declarações de Antonio Carlos

Avalie este item
(0 votos)
Dep. Roberto Mesquita (PV) Dep. Roberto Mesquita (PV) Foto: Paulo Rocha
  O deputado Roberto Mesquita (PV) criticou, na manhã, desta quinta-feira (15/03), durante a sessão plenária, declarações do líder do Governo, deputado Antonio Carlos (PT), sobre “as forças conservadoras que dominavam o Ceará”. Segundo Mesquita, ao enaltecer o Governo de Cid Gomes, Antonio Carlos “quer manchar o passado dos cearenses e do Governo de Tasso Jereissati, que, com muita lucidez, fez com que muitos desafios fossem vencidos em todo o Estado”.

 

Mesquita disse que os governos de Fernando Henrique Cardoso, do presidente Lula e da presidenta Dilma Rousseff deveriam ter seguido a inspiração de transformação do Governo de Tasso.  “Se isso ocorresse, esses governos não teriam ficado reféns e promoveriam a reforma política, a tributária e a do Código Florestal”, observou.

Ele ressaltou que a reforma política ainda não foi perpetuada “porque o Governo tem medo de ferir interesses e perder a hegemonia no Congresso”. Também pontuou que a reforma tributária não vai adiante “porque o Governo não quer perder sua grande base aliada”.

Conforme ele, Tasso foi corajoso e não teve medo de enfrentar dissabores, “inclusive com o PT, que tem sido injusto com aqueles que não são aliados e não estão próximos”. Ele disse que Antônio Carlos Magalhães “foi satanizado pelo PT, enquanto Sarney, Maluf e Jáder Barbalho estão no altar do partido”.

De acordo com o deputado, as prioridades do Governo de Tasso eram outras. “O ex-governador enfrentou como desafio diminuir o grande número de crianças que morriam antes de completar o primeiro ano de vida”, afirmou, lembrando que, no Governo de Cid, as prioridades são “construir um grande aquário fantástico ou um grande centros de eventos”.

Roberto Mesquita afirmou que Tasso criou o Porto do Pecém e o Castanhão, “que servem de base para as transformações de Cid Gomes”. Disse ainda que o alicerce das mudanças e todos os avanços nasceram na era Tasso, mesmo contrariando interesses, como os do PT, “que vendeu a alma para chegar ao poder”.

“Depois, o deputado Antonio Carlos vem falar dos escândalos da era tucana. Mas quem disse que o PT não se envolveu em escândalos? E os dólares na cueca? E o mensalão? As quedas dos ministros”, questionou, acrescentando que Tasso foi eleito “três vezes governador pela vontade do povo, e por uma infelicidade ou erro de estratégia política, perdeu a eleição”.
EU/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 1247 vezes Última modificação em Quinta, 15 Março 2012 14:06

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500