Fortaleza, Quinta-feira, 04 Junho 2020

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

Comissão de Reforma do Regimento debate novas atualizações no documento - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Quarta, 18 Setembro 2019 18:06

Comissão de Reforma do Regimento debate novas atualizações no documento

Avalie este item
(0 votos)
Comissão de Reforma do Regimento debate novas atualizações no documento foto : Marcos Moura
A Comissão Especial de Reforma e Atualização do Regimento Interno da Assembleia Legislativa realizou, nesta quarta-feira (18/09), reunião para debater e aprovar os títulos III e IV relatados pelo deputado Sérgio Aguiar (PDT). A reunião foi dirigida pelo deputado Audic Mota (PSB), presidente do colegiado.

O deputado Sérgio Aguiar  defendeu que mudanças de partido não devem interferir na eleição da Mesa Diretora. Os parlamentares concordaram que o deputado que mudar de sigla perca cargos e funções de indicação partidária, como já previsto no Regimento Interno da Casa, o que não deve ocorrer para os cargos que tenham sido escolhidos por meio de uma eleição, como os da Mesa Diretora.

A redução do prazo de 120 dias da licença parlamentar para tratar de interesses particulares também foi debatida. Para o deputado Audic Mota, é necessário um adendo permitindo a convocação de deputados suplentes em licenças menores que 120 dias. “Hoje, mesmo na licença saúde do parlamentar, o suplente só pode ser convocado caso a pausa seja igual ou maior a 120 dias. É preciso mudar esse ponto para podermos ter o funcionamento do Plenário completo e ainda poder contemplar os parlamentares suplentes”, disse.

A redução dos dias para a convocação do deputado suplente será analisada pelo colegiado e retomado o debate na próxima reunião.

Outro ponto discutido foi sobre a posse do mandato parlamentar. O deputado Antônio Granja (PDT) ponderou sobre criar exceções para deputados com problemas de saúde. A redação prevê que o parlamentar deve tomar posse em até 120 dias, prorrogados por mais 120, ou então não poderá mais ser empossado. “Devemos analisar e debater mais sobre casos de saúde. Um deputado que não puder tomar posse não pode ter o mandato perdido”, disse.

A reunião debateu também sobre licença-paternidade, ocupação de cargos na Mesa Diretora, junta médica na análise de licença de saúde e apresentação do patrimônio do parlamentar,  propondo ainda correções em termos do Regimento Interno.

Estavam presentes na reunião os deputados Audic Mota, Danniel Oliveira (MDB), Sérgio Aguiar, Antônio Granja e Davi de Raimundão (MDB).

GM/CG

 

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 651 vezes Última modificação em Quarta, 18 Setembro 2019 21:23

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos

Enquete

Você acredita que a pandemia mundial pode impactar a vida nas grandes cidades?


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500