Fortaleza, Quarta-feira, 21 Abril 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Combate COVID-19

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Eventos e Destaques

Disque Assembleia

Login

AL aprova proposta que sugere recursos do Fecop para profissionais do turismo - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 02 Fevereiro 2021 10:39

AL aprova proposta que sugere recursos do Fecop para profissionais do turismo

Avalie este item
(0 votos)
AL aprova proposta que sugere recursos do Fecop para profissionais do turismo Foto: Divulgação
Atento aos impactos econômicos provocados pela pandemia da Covid-19 no turismo, o deputado Acrísio Sena (PT) apresentou na Assembleia Legislativa projeto sugerindo alternativa de recursos para profissionais do setor.

De nº 79/20, aprovada na Casa, o projeto de indicação do parlamentar sugere o uso de recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) para reduzir os impactos da pandemia, principalmente entre as categorias dos Guias de Turismo, condutores e informantes do setor, através da concessão de renda mínima emergencial no valor de um salário mínimo.

Na proposta, Acrísio Sena informa que, de acordo com dados do Cadastur, do Ministério do Turismo, há cerca de 350 guias turísticos atuantes no Ceará e mais de 70 profissionais denominados Informantes e Condutores Turísticos espalhados nas regiões do Maciço de Baturité, Rota Turística do Cariri Cearense, Serra da Ibiapaba e Parque Nacional de Jericoacoara.

“A maioria desses profissionais são autônomos que dependem da atividade turística para garantir o sustento de suas famílias e que necessitam desse amparo estatal para mitigar os impactos da paralisação das atividades de trabalho”, avalia.

Conforme a proposta, a renda mínima emergencial seria concedida enquanto perdurar o estado de calamidade pública e situação de emergência em saúde em decorrência da pandemia da Covid-19 e por até três meses após o retorno das atividades de turismo.

Ainda conforme o texto, devem ser atendidos guias de turismo, condutores e informantes de turismo, pessoas residentes no Ceará, que sejam cadastradas no Cadastur ou em órgãos de classe ou entidades representativas até o dia 15 de março de 2020, e que não possuam contrato de trabalho nem outra fonte de renda, além do acompanhamento de turistas em âmbito estadual.

A proposta foi acatada pela Casa, mas, por se tratar de projeto de indicação e, portanto, sugestão, cabe ao Governo, se acatar, enviar a proposta em forma de mensagem para a apreciação da AL.
PE/AT

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 232 vezes

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500