Fortaleza, Sábado, 22 Janeiro 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

AL debate prevenção de homicídios de adolescentes no Ceará em webinário - QR Code Friendly
Sexta, 05 Março 2021 19:58

AL debate prevenção de homicídios de adolescentes no Ceará em webinário

Avalie este item
(0 votos)
A Assembleia Legislativa realizou, nesta sexta-feira (05/03), o webinário “Cada Vida Importa: cinco anos de mobilização pelo direito à vida de adolescentes”. Em razão dos cinco anos de existência do Comitê de Prevenção e Combate à Violência, criado em 23 de fevereiro de 2016, o seminário virtual discutiu os desafios, a trajetória e o atual contexto da atuação do Comitê no Ceará. A videoconferência foi transmitida pela TV assembleia (canal 31.1) e exibida no canal do YouTube da emissora.

O presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT), parabenizou e reconheceu a atuação do presidente do Comitê, deputado Renato Roseno (Psol), e dos representantes das instituições que contribuem para esse trabalho. “São cinco anos de trabalho, de pesquisa e produção de informações. Através dessas informações, faz-se o planejamento. Tudo isso, indo ao encontro da prevenção e da proteção da criança e do adolescente”, destacou.

O deputado Renato Roseno, que lidera o Comitê, enfatizou o pioneirismo da AL em ser a primeira Casa Legislativa a instalar um comitê permanente para a prevenção à violência e ressaltou a importância da pesquisa e de produzir recomendações e articulações. “Se a morte é previsível, ela é prevenível. Produzimos uma mobilização política capaz de colocar no centro da atenção de gestores da sociedade civil e lideranças sociais e públicas, a agenda Cada Vida Importa, que é a agenda de prevenção ao homicídio”, afirmou.

 

HOMICÍDIOS NA ADOLESCÊNCIA

O webinário promoveu o debate “Políticas Públicas baseadas em evidências: Homicídios na adolescência”. O epidemiologista e colaborador de pesquisas do Comitê, Antônio Lima, elencou alguns fatores associados a essas mortes: evasão escolar, predominância do sexo masculino e fácil acesso às armas. “Penso que o acesso à arma de fogo é uma das coisas que mais se aproxima do grupo de causas. Esse acesso ilimitado, rápido e fácil tanto em grupos armados como em grupos de cidadãos comuns, que existem hoje no Brasil cada vez mais”, refletiu.

Integrante do Fórum Popular de Seguranca Pública e coordenadora do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca Ceará), Talita Maciel apontou a necessidade de haver mais investimentos em políticas públicas de proteção social e destacou o aumento de 109 mortes por intervenção policial em 2019 para 145 em 2020. “A gente continua nesse desafio de tentar incidir em um maior investimento em políticas de proteção social, e não na necropolítica, na política de segurança pública que, além de não ter sido capaz de enfrentar esse contexto de mortes, tem aprofundado essa realidade”, assinalou.

O deputado Renato Roseno também participou da discussão e comentou sobre a evidência descoberta pelo Comitê de que a morte de adolescentes não é um evento, mas um processo. “Antes de aquele garoto de 15, 16, 17 anos morrer, muitas pistas foram deixadas. A primeira questão que temos que entender é saber ler as pistas e chegar antes da bala, chegar antes da violência letal”, frisou o parlamentar. Roseno acentuou ainda que a violência é um retorno da segregação racial e reiterou a necessidade de se efetivar “uma política pública cuja porta esteja aberta ao garoto para quem outras portas se fecharam”.

O seminário virtual contou ainda com declamação de poesia do artista, poeta e bboy Eduardo Africano, que apresentou performance inspirada na pesquisa “Trajetórias Interrompidas”, realizada pelo Comitê em parceria com o Fundo das Nações Unidas para Infância no Ceará (Unicef) e Governo do Estado do Ceará, com apoio do Instituto OCA.

Também participaram do evento a assessora especial da Vice-Governadoria do Estado do Ceará, Carla da Escóssia, representando a vice-governadora Izolda Cela; a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA), Mônica Sillan; e a professora Ângela Pinheiro, do Movimento Cada Vida Importa.

O webinário “Cada Vida Importa: cinco anos de mobilização pelo direito à vida de adolescentes” está disponível no canal do YouTube da TV Assembleia.

BD/LF

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 762 vezes Última modificação em Sábado, 06 Março 2021 09:31

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500