Fortaleza, Segunda-feira, 06 Dezembro 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Segunda edição do Festival de Arte e Cultura inicia com 14 apresentações em Icó - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Terça, 19 Outubro 2021 20:19

Segunda edição do Festival de Arte e Cultura inicia com 14 apresentações em Icó

Avalie este item
(0 votos)
Segunda edição do Festival de Arte e Cultura inicia com 14 apresentações em Icó Foto: Dário Gabriel
A primeira noite da segunda edição do Festival de Arte e Cultura animou a população de Icó nesta terça-feira (19/10). O evento, que integra a programação da Assembleia Itinerante, contou com quatorze apresentações de artistas dos municípios de Umari, Acopiara, Icó, Baixio e Cariús.

A prefeita de Icó, Laís Nunes, participou da cerimônia de abertura e elogiou a Assembleia Legislativa pela escolha de Icó como palco da segunda edição da Assembleia Itinerante. Ela ressaltou o potencial que esse tipo de iniciativa tem para elevar a autoestima da população.

“Estamos saindo de um momento muito difícil, a pandemia afetou artistas, empresários, e não só o Festival de Arte e Cultura, mas toda essa gama de serviços que a Assembleia Itinerante traz à nossa cidade revitaliza o nosso povo e nos ajuda a superar mais rapidamente esse momento”, disse.

O deputado Oriel Nunes Filho (PDT), representante do município no Parlamento cearense, também participou da cerimônia e ressaltou que a Assembleia Itinerante, por meio do Festival de Arte e Cultura e suas inúmeras atividades, é “um pontapé para a retomada da nossa vida normal pós-pandemia”. Ele considerou que Icó é um município pobre, assim como muitos dos municípios que compõem a região centro-sul, mas mergulhado em cultura e história.

“Um festival como esse não só nos ajuda a sair desse momento difícil o qual atravessamos, como ainda transforma os municípios da região e a vida das pessoas que aqui vivem. Aqui temos grandes artistas que merecem todo o reconhecimento”, frisou.

A secretária do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da Assembleia Legislativa, Luiza Martins, explicou que o Festival de Arte e Cultura da Assembleia Itinerante visa dar visibilidade à classe artística da região centro-sul do Estado. “Os artistas foram muito prejudicados no período da pandemia, e esperamos aqui não apenas estimular a criação desses artistas, mas também contribuir com essa categoria”, disse. Segundo ela, 13 dos 15 municípios que compõem a região devem participar com seus artistas.

APRESENTAÇÕES

A assessora técnica do Conselho de Altos Estudos, que está à frente da organização do festival, Fátima Feitosa, explicou que as apresentações serão distribuídas entre terça e quarta-feira (20/10), em quatro categorias: Show de Humor, Música Popular Autoral, Cantadores e Música Regional ou Folclórica.

Segundo ela, cada categoria terá seus primeiro, segundo e terceiro lugares, que levarão os prêmios em dinheiro de R$ 2 mil, R$ 1,5 mil e R$ 1 mil, respectivamente. O júri, dessa vez, será composto pelos cantores e compositores Pingo de Fortaleza e José Vicente e pela jornalista e produtora cultural Andrea Oliveira.

O resultado do festival será divulgado na quinta-feira (21/10), em solenidade, após a sessão deliberativa, com a presença do presidente da AL, deputado Evandro Leitão (PDT), e demais parlamentares.

A cerimônia de abertura do Festival de Arte e Cultura contou com a presença de autoridades locais e a apresentação da Banda Municipal Maestro Gonçalo Farias dos Santos.

Durante o primeiro dia, apresentaram-se, representando o município de Icó, a repentista Damiana Pereira, o humorista Rozias Ticiano Soares e os artistas populares Eliacildo Ferreira Epifânio e Pedro Lucca Cândido. De Baixio, os artistas populares Valter do Acordeon e Chico da Rabeca e a dupla Higor Alencar e Wilton Alves.

Representando o município de Cariús, o artista Toninho Gomes e o violeiro Luis Pereira. De Umari, apresentaram-se Benício Duarte; Ana da Rabeca e o violeiro Francisco Lopes. Já de Acopiara, a dupla Cailane e Josélio e o capoeirista Ramon Rodrigues.

Pedro Lucca foi um dos artistas representantes de Icó que brilharam nessa primeira noite de festival. O cantor e compositor, que concorreu na categoria Música Popular, classificou como positiva a iniciativa da Assembleia Legislativa em trazer para Icó um evento que contemple as diversas cidades da região centro-sul. De acordo com ele, esta é uma importante oportunidade de os artistas interagirem e intercambiarem experiências e vivências culturais.

“Vivemos muitas vezes em uma ilha por falta dessa integração com os artistas da região. Acredito, inclusive, que Icó poderia sediar mais eventos como este, que dão espaço e voz para a cultura regional. Com esse auxílio da Assembleia, acredito muito no desenvolvimento da arte da região”, avaliou.

Na quarta-feira (20/10), a programação do Festival de Arte e cultura segue pela manhã e à noite. Pela manhã, a partir das 8h, apresentam-se os artistas que representam os municípios de Ipaumirim, Jucás, Quixelô e Iguatu. À noite, a partir das 19h, será a vez dos representantes de Acopiara e Orós.

GS/PE/CG

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 281 vezes Última modificação em Quarta, 20 Outubro 2021 13:54

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500