Fortaleza, Quinta-feira, 09 Dezembro 2021

Pesquisar

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Manutenção da Refinaria Lubnor será debatida nesta segunda-feira na AL - QR Code Friendly
         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Sexta, 22 Outubro 2021 10:14

Manutenção da Refinaria Lubnor será debatida nesta segunda-feira na AL

Avalie este item
(2 votos)
A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Assembleia Legislativa do Ceará realiza, nesta segunda-feira (25/10), audiência pública para debater a importância da manutenção da Refinaria de Lubrificantes e Derivados do Nordeste (Lubnor) e os ativos da Petrobras, em Fortaleza.

O debate, que atende a solicitação do deputado Guilherme Sampaio (PT), vai acontecer presencialmente, às 14h, no auditório Murilo Aguiar, e será transmitido pela TV e FM Assembleia.

Segundo o parlamentar, a Lubnor, localizada em Fortaleza, é responsável pela geração de mais de oito mil empregos, diretos e indiretos, e encontra-se em possível processo de venda e/ou remoção por parte do Governo Federal.

“Inúmeros são os benefícios para a permanência da refinaria no patrimônio público nacional, uma vez que os produtos e derivados relacionados ao refino e comercialização de petróleo representam ativo estratégico para a União e demais entes federados, em especial, o estado do Ceará e o município de Fortaleza”, afirma o deputado.

Guilherme Sampaio também ressalta que “muitos impostos são gerados com a atividade econômica realizada pela Lubnor, uma vez que recolhe 8% de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) a favor do Estado, além de importantes quantias de Imposto Sobre Serviços (ISS) e Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) para Fortaleza”. Com a possibilidade de venda ou até mesmo remoção da Refinaria Lubnor, já se percebem os impactos negativos na economia local, alerta o parlamentar.

O deputado acrescenta ainda que “a privatização poderá consolidar o monopólio privado do setor de combustíveis, ficando os produtos ali produzidos à mercê da iniciativa privada em determinar seus preços e respectiva capacidade produtiva, impactando também nos demais preços da economia nacional que dependam desses produtos”.

Foram convidados para a audiência pública representantes do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), Sindicato dos Petroleiros do Ceará e Piauí (Sindipetro Ceará), Federação Única dos Petroleiros (FUP), Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT/CE), líderes comunitários, entre outros.

WT/CG

 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 422 vezes Última modificação em Quinta, 28 Outubro 2021 11:31

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500