Fortaleza, Terça-feira, 18 Janeiro 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Alcance ENEM

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislação

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Cine Assembleia abre debate sobre racismo no Mês da Consciência Negra - QR Code Friendly
Terça, 30 Novembro 2021 15:56

Cine Assembleia abre debate sobre racismo no Mês da Consciência Negra

Avalie este item
(0 votos)
Cine Assembleia abre debate sobre racismo no Mês da Consciência Negra Foto: José Leomar
A Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Departamento de Saúde e Assistência Social (DSAS), realizou, nesta terça-feira (30/11), a primeira edição do Cine Assembleia, com a exibição do filme cearense “Cabeça de Nêgo”. O evento fez referência ao Mês da Consciência Negra e contou com a presença do presidente da Central Única das Favelas (Cufa), Preto Zezé, e do ator Lucas Limeira, que interpreta o personagem protagonista do filme, Saulo, além de participantes do projeto Alcance.Enem, da Escola Superior do Parlamento Cearense (Unipace), e de servidores da Casa.

O Cine Assembleia é desenvolvido pelo Núcleo de Saúde Mental e Comitê de Responsabilidade Social, por meio da Célula de Articulação e Fomento à Cidadania, com o apoio do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense (MMLC) e Associação dos Servidores da Assembleia (Assalce). O objetivo é promover o debate com servidores, moradores da comunidade do entorno da Casa (Pio XII, conhecida como Pau Pelado) e de movimentos sociais convidados.

A primeira-dama da AL, Cristiane Leitão, afirmou que o evento teve como destaque a homenagem ao Dia da Consciência Negra, transcorrido em 20 de novembro. “Estamos comemorando com a exibição do filme 'Cabeça de Nêgo', que traz o ponto do racismo, contando a história de um garoto que sofreu o preconceito racial na escola, começou a ter um comportamento em repreensão ao racismo e, juntamente com outros colegas, começou a se posicionar contra essa prática”, pontuou.

Cristiane Leitão assinalou que é importante tratar da questão racial junto aos servidores da Casa, alunos e comunidade, levando a todos conscientização contra o racismo. “Aqui convidamos alunos que participam do projeto Alcance.Enem, para que os jovens comecem a ter essa sensibilização de que todos somos iguais e que não precisamos ter preconceitos. E, fazendo esse trabalho de conscientização, com certeza, teremos uma sociedade mais igualitária”, asseverou.

CONSCIENTIZAÇÃO

O diretor do DSAS e presidente da Assalce, Luís Edson Correia, parabenizou o Núcleo de Saúde Mental, coordenado por Rejane Sales, pela iniciativa. “É com apoio do presidente deputado Evandro Leitão (PDT) e da nossa primeira-dama que têm sido realizados eventos como esse, trazendo a conscientização e a importância do respeito e da igualdade das raças”, frisou.

Rejane Sales acentuou que o Núcleo de Saúde Mental tem o propósito de incluir os estudantes do Alcance.Enem e alunos de outras instituições para que seja trabalhada a questão do racismo. “Esse  preconceito estrutural é ainda muito arraigado em nossa sociedade e acaba por adentrar na questão psíquica. Esses adolescentes precisam se envolver nessa discussão, para que a nossa sociedade tenha novas ferramentas que alavanquem novas formas de extinção desse preconceito”, defendeu.

A coordenadora do núcleo revelou ainda que o setor tem a proposta de, a partir do próximo ano, trazer temas tão importantes quanto o do preconceito racial, que perpassam pela saúde mental. “Teremos novas exibições, de dois em dois meses, com o intuito de trazer a discussão desses temas. Começamos com 'Cabeça de Nêgo', que aborda de forma maravilhosa o racismo e valoriza os artistas da terra. É nosso dever validar esse trabalho”, acentuou.

Preto Zezé, que já foi servidor da Assembleia Legislativa no início dos anos 1990, considerou que o presidente Evandro Leitão “acertou em cheio”, pela escolha do filme e pelo debate no Mês da Consciência Negra.  “Esse debate não é só mais um movimento da sociedade, mas também das organizações. Tenho sido convidado para participar de eventos em empresas. No mundo corporativo está todo mundo discutindo como enfrentar o racismo, que tem a ver com o desenvolvimento do País e das empresas”, afirmou.

SOBRE O PROJETO

Estiveram à frente da organização do evento as psicólogas Raquel Penaforte e Lygia Herayde Bessa, integrantes do Núcleo de Saúde Mental da Alece. Conforme Lygia Herayde, o objetivo do Cine Assembleia é o de criar espaços de discussão de temas relevantes para jovens, servidores e para a comunidade de uma forma geral, assim como fortalecer as produções culturais locais e facilitar o acesso a elas

O filme “Cabeça de Nêgo” é uma produção cearense com direção e roteiro de Déo Cardoso. Estreou em outubro de 2021 em cinemas de todo o Brasil, conquistando público e crítica com enredo que aborda temáticas como racismo, educação, mobilização social e juventude, entre outras. O longa, filmado em Fortaleza, foi exibido em diversos festivais e ganhou prêmios como o de Melhor Longa-Metragem do Festival Cine Ceará 2020 e da Associação de Crítica Cearense de Cinema.

O Dia da Consciência Negra é comemorado anualmente em 20 de novembro. A data reúne diferentes ações de combate ao racismo e reacende o debate sobre a chegada dos negros ao País, a escravidão no Brasil e o racismo estrutural da sociedade. Além disto, é uma homenagem e reconhecimento da luta de Zumbi dos Palmares, um dos mais importantes líderes quilombolas do País, e seus companheiros no quilombo.

Da Redação/com Comunicação Interna


 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 330 vezes Última modificação em Terça, 30 Novembro 2021 20:48

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500