Fortaleza, Quarta-feira, 25 Mai 2022

Pesquisar

Comunicação

Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia
Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos

Programa Alcance

Alece 2030

Processo Virtual

Processo Virtual - VDOC

Legislativo

Projetos / Cursos

Publicações

Login

Áreas prioritárias da macrorregião do Cariri são debatidas em encontro do Move Ceará - QR Code Friendly
Terça, 11 Janeiro 2022 18:15

Áreas prioritárias da macrorregião do Cariri são debatidas em encontro do Move Ceará

Avalie este item
(0 votos)
Áreas prioritárias da macrorregião do Cariri são debatidas em encontro do Move Ceará Foto: Dário Gabriel
O segundo encontro do Move Ceará, iniciativa da Assembleia Legislativa do Ceará, por meio do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, em conjunto com a plataforma TrendsCE, discutiu nesta terça-feira (11/01), no Crato, os principais temas referentes aos 29 municípios da macrorregião do Cariri, foram eles: agronegócio, agricultura familiar e turismo, discutidos pela manhã. No período da tarde, foram debatidas questões racionadas à saúde e logística.

Sobre o agronegócio e agricultura familiar, os principais temas discutidos foram o mapeamento das potencialidades regionais expandindo a atividade agroindustrial, o estímulo à formação de cooperativas e associações do agronegócio, implementar planos de saneamento básico para melhoria de qualidade de vida dos moradores, dentre outros.

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município de Araripe, Rutemberg Fortaleza, a região do Cariri possui um grande potencial não apenas turístico, mas também agrícola, para o Estado. Segundo ele, ainda falta um conjunto de ações que são importantes para fazer com que o agronegócio possa  deslanchar como setor prioritário no Ceará.

“Neste evento temos a oportunidade de discutir e mostrar as problemáticas do setor e que os nossos governantes, através dos levantamentos debatidos aqui, possam contribuir, através de ações planejadas, para ultrapassar os problemas e entraves existentes para alavancar os negócios da região”, avaliou.

A secretária da Associação Rural do Baixio das Palmeiras, Adriana Barbosa, comenta que esse debate é necessário, principalmente, para incentivar ações de comercialização para os agricultores familiares.

“Espero que os temas abordados aqui possam, futuramente, nos ajudar a superar os desafios que estamos enfrentando diariamente, principalmente, diante desta pandemia que parece não ter fim. Mas nós temos pressa para sobreviver, por isso, é tão importante esse debate”, ressaltou.

Em relação ao turismo, a analista de Negócios do Sebrae da Região do Cariri, Maria do Carmo, destacou o desenvolvimento de ações voltadas a todos os tipos de turismo, não apenas o religioso, que é mais presente na localidade.

“Esses momentos são importantes para que o olhar volte à real necessidade das demandas da região. É uma iniciativa importantíssima pois fortalecerá o Ceará como um todo, não apenas economicamente, mas sim com todos os setores de desenvolvimento do Estado”, declara.

O vice-prefeito do município de Santana do Cariri, João Cabral, disse que o evento é oportuno e necessário para construção e reconstrução do cenário turístico do Estado. Dentre os principais temas abordados, ele destaca a integração do produto turístico enquanto identidade da Chapada do Araripe.

“Quando se discute muito o turismo no Cariri há uma descentralização do turismo. Cada cidade quer um turismo específico para si, por isso, é preciso a identidade centralizada pois toda a região tem potencial e produtos turísticos para serem explorados de forma integrada”, acrescenta.

LOGÍSTICA E SAÚDE

Dentre os temas que foram discutidos para traçar planos e metas capazes de promover resultados de impacto na economia cearense, a partir da identificação dos setores prioritários na macrorregião do Cariri, saúde e logística ganharam destaque no período da tarde.

No quesito logístico da região, o ponto de discussão foi a consolidação de programas de qualificação do patrimônio cultural tombado e não tombado, estruturação de sistemas de informação integradas do setor, expansão da malha aérea, infraestrutura necessária para ampliação de voos para o interior do Estado, dentre outros.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação do município de Juazeiro do Norte, Wilson Soares, o mapeamento que é realizado pela Plataforma Move ajuda ao desenvolvimento regional em suas áreas econômicas de destaque, principalmente na geração de emprego e renda dos municípios analisados.

“Temos municípios muito pobres que, sem o apoio regional dos municípios que possuem um poder econômico maior, podem acabar se definhando cada vez mais. Essa união, vindo com o fortalecimento da Assembleia Legislativa para aprovar leis e trazer incentivos para essas regiões, a gente consegue desenvolver um êxito maior, principalmente, economicamente”, disse.

O secretário acrescenta ainda a implantação de um porto seco na região, que seria instalado no município de Missão Velha. Segundo ele, seria uma estação intermodal que daria viabilidade logística e diminuiria o custo para aumentar a importação e exportação de produtos cearenses.

“Se nós investirmos, pegando a Transnordestina que passará em Missão Velha, e instalar um Porto Seco na região, será de um desenvolvimento gigantesco para a macrorregião do Cariri, pois estaremos conectados ao Porto de Suape e ao Porto do Pecém. Com isso, estaríamos conectados ao mundo para escoar a produção da nossa indústria da região, gerando mais renda para o Estado e municípios ao redor”, destaca.

Os representantes de agentes de saúde da macrorregião do Cariri discutiram e reivindicaram, principalmente, sobre a categoria ser promovida a estatuários. De acordo com a diretora do Sindicato de Saúde da Região do Cariri (SindSaúde), Márcia Vieira, é preciso reconhecer os agentes de saúde como servidores do Estado.

“Pedimos que seja atualizada a Lei 14.101, tornando os agentes de saúdes estatutários ou fazer uma lei que desprecarize o vínculo dos servidores. Não queremos ser regime especial, queremos sim, ser reconhecidos como funcionários do Estado”, reivindicou.

Além disso, foram discutidos temas como a estruturação de dados da saúde, o fortalecimento da cadeia de fornecedores de produtos farmacêuticos da região, ampliação da atuação do segmento de saúde nos sistemas públicos, dentre outros.

O evento aconteceu no auditório do CEJA Monsenhor Pedro Rocha de Oliveira, no município do Crato, e estiveram presentes os representantes do setor produtivo da Macrorregião do Cariri, que é formada por 29 municípios.

O calendário de visita estratégica às macrorregiões ainda garante encontros nos municípios de Sobral (Sertão de Sobral), Iguatu (Centro Sul), Aracati (Litoral Leste), Camocim (Litoral Norte), Itapipoca (Litoral Oeste/Vale do Curu), Baturité (Maciço de Baturité), Tianguá (Serra da Ibiapaba), Quixeramobim (Sertão Central), Canindé (Sertão de Canindé), Crateús (Sertão de Crateús), Tauá (Sertão dos Inhamuns) e Limoeiro do Norte (Vale do Jaguaribe). Em dezembro, a Assembleia Legislativa recebeu o primeiro encontro do Move Ceará, que debateu áreas prioritárias da Grande Fortaleza.

DL/LF
 

Informações adicionais

  • Fonte: Agência de Notícias da Assembleia Legislativa
  • E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
  • Twitter: @Assembleia_CE
Lido 674 vezes Última modificação em Sexta, 14 Janeiro 2022 16:48

Protocolo Digital

PROCON ALECE

Portal do Servidor

Eventos


 

  30ª Legislatura - Assembleia Legislativa do Ceará                                                                         Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500