Principal > Imprensa > Notícias
  Icone EnviarENVIAR PARA UM AMIGO Icone ImpressoraIMPRIMIR Icone VoltarVOLTAR
Notícias Diminuir Fonte Aumentar Fonte
Linha

Dep. Professor Teodoro (PSDB)
16.03.2010


O deputado Professor Teodoro (PSDB) fez pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (16/03) e voltou a defender a aplicação de 10% do PIB brasileiro em educação. “Defendemos que o Brasil aplique 10% do PIB na educação, por um período não inferior a uma década. Dez anos seria o tempo mínimo para darmos uma guinada necessária para entrarmos nesse mundo cada vez mais competitivo da sociedade do conhecimento”, defendeu.

O deputado também reforçou proposta apresentada por ele e pelo deputado Artur Bruno (PT) de uma iniciativa popular de emenda à Constituição para aumentar de 25% para 30% os recursos com educação. “A ideia do deputado Artur Bruno é engenhosa porque será de iniciativa popular a PEC que vai propor a ampliação dos recursos para educação. Ele poderia simplesmente fazer uma campanha entre seus pares, recolher o número suficiente de assinaturas e apresentar a propositura, mas foi além ao aceitar a convocação de algumas entidades e ampliar para uma espécie de movimento”, defendeu.

Professor Teodoro lembrou que o Brasil aplica apenas 5% do PIB em educação, valor menor do que países sul-americanos como Argentina, Chile e Uruguai. “Esse atraso que se verifica no nosso ensino é fruto de alguns tecnocratas ou políticos que veem o investimento em educação como gasto. Isso é um erro conceitual que provocou e ainda provoca distorções no planejamento e orçamento”, avaliou Teodoro.

O parlamentar também afirmou que, em nível estadual, o aumento de 25% para 30% é um valor razoável e viável. Para ele, propostas com valores acima desse percentual são contraproducentes. “A melhor forma de fazer com que uma reivindicação não seja atendida é exagerar no pedido. Sejamos razoáveis”, pediu.

O deputado Artur Bruno (PT) fez aparte ao pronunciamento de Teodoro e concordou com as ponderações do colega. Bruno ressaltou que a vaidade é grande inimiga do homem e a humildade grande virtude, para dizer que a ideia de ampliar os recursos da educação por meio de PEC de iniciativa popular é dele, mas também de Teodoro e de tantos mais que defendem a melhoria na qualidade da educação cearense.

Bruno lembrou que na próxima quinta-feira (18/03) haverá reunião técnica com entidades representativas dos mais diversos segmentos da sociedade para estabelecer as próximas metas da campanha de recolhimento de assinaturas.
LM/AF