Principal > Imprensa > Notícias
  Icone EnviarENVIAR PARA UM AMIGO Icone ImpressoraIMPRIMIR Icone VoltarVOLTAR
Notícias Diminuir Fonte Aumentar Fonte
Linha

24.10.2007


O aniversário de 39 anos da Universidade Vale do Acaraú (UVA) reuniu acadêmicos cearenses em comemoração durante sessão solene, nesta quarta-feira (24/10), na Assembléia Legislativa. A sessão, requerida pelo deputado Professor Teodoro (PSDB), ex-reitor da Universidade, foi realizada no Plenário 13 de Maio da Casa e teve como foco uma retrospectiva das ações da instituição. “Hoje, ao lançarmos um olhar sobre a história da UVA, temos a exata medida do quanto a sua concepção tinha razão de ser”, ressaltou o deputado.

A UVA, sediada no município de Sobral e, hoje, ramificada por todo o Estado do Ceará, foi homenageada por meio de algumas personalidades que fizeram sua história e construção. Foram entregues placas comemorativas ao professor cônego Francisco Sadoc de Araújo e ao reverendo padre Manoel Valdery da Rocha, respectivamente reitor e vice-reitor da universidade no período de 1968 a 1990; ao Professor Teodoro, por sua atuação como reitor entre 1990 a 2002 , e ao vice-reitor no período de 1990 a 2003, Evaristo Linhares Lima. Também foram agraciados com a homenagem os atuais vice-reitor e reitor da UVA, respectivamente, Gregório Maranguape da Cunha e Antônio Colaço Martins, também ex-reitor da Universidade de Fortaleza.

Hoje, a universidade conta com mais de 6300 mil alunos só em Sobral, e acima de 32 mil nos outros 119 municípios em que atua. Para o reitor, professor Antônio Colaço, a história da UVA está diretamente ligada à história de desenvolvimento da cidade de Sobral. “É uma causa recíproca. A universidade foi municipalizada em 1968 e estadualizada em 1984, pelo governador Gonzaga Mota. Na administração do então prefeito, e atual governador Cid Gomes, foi quando a universidade promoveu mais transformações”, explicou Colaço.

Artur Bruno (PT), que foi aluno da UVA no curso de pedagogia, ressaltou a importância da educação como ferramenta para o desenvolvimento e lembrou o momento que vive o Estado do Ceará em relação a prática da educação. “Creio que a educação no Ceará vive um grande momento. Não é pouca coisa aqui na Assembléia nós termos uma grande bancada voltada para a educação. Vamos aproveitar para efetivamente ter como principal bandeira neste governo a educação”, afirmou o deputado.

Outro parlamentar a destacar a educação como estratégia para o desenvolvimento foi Cirilo Pimenta (PSDB). Segundo ele, o grande atraso da região Nordeste não se trata apenas da seca ou de questões climáticas, mas sim do atraso da educação enquanto política pública. “Como superar as dificuldades climáticas, sem ter a ferramenta da educação, do conhecimento e da tecnologia?”, questionou o parlamentar.

Também estiveram presentes à comemoração o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado, René Barreira; o representante do reitor da Urca, professor João de Aquino Limaverde; o representante do reitor da UFC, professor Osmar de Sá Ponte Júnior, e os parlamentares Manoel de Castro (PMDB) e Tomás Figueiredo Filho (PSDB).
CQ