Fortaleza, Segunda-feira, 24 Abril 2017

Pesquisar

Processo virtual


Projetos

Publicações

Eventos e Destaques

Login

         Comunicação AL TV Assembleia FM Assembleia Banco de Imagens Previsão do Tempo Contatos
Oradores
Oradores

Oradores (4306)

O líder do Governo na Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), salientou, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (20/04), que o governador Camilo Santana convocou o serviço de inteligência policial, assim que tomou conhecimento da série de ataques a coletivos ocorridos ontem em Fortaleza.
O deputado Dr. Santana (PT) considerou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (20/04), que o momento crítico da segurança pública no Estado exige bastante reflexão e serenidade de todos os cearenses.
O deputado Capitão Wagner (PR) criticou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (20/04), a falta de um plano de segurança pública para o Ceará e cobrou a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Narcotráfico. Ele destacou o incêndio de 16 ônibus ontem em Fortaleza e Região Metropolitana e associou o vandalismo à transferência de presos das unidades prisionais do Ceará. 
O deputado Heitor Férrer (PSB) afirmou, no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quinta-feira (20/04), que o Ceará está desmontado. Na quarta-feira (19/04), cerca de 20 ônibus foram queimados em Fortaleza, e o fato foi matéria de jornais impressos e telejornais de alcance nacional.
O deputado Fernando Hugo (PP) declarou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (20/04), que o Governo adotou todas as providências para coibir a onda de violência que ontem provocou a queima de ônibus em Fortaleza. De acordo com o parlamentar, o governador Camilo Santana e o secretário de Segurança, André Costa, detiveram-se durante todo o dia e a noite para enfrentar a crise de segurança e, como resultado, seis suspeitos de atearem fogo nos coletivos foram capturados.
O deputado Renato Roseno (Psol) avaliou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (20/04), a situação da segurança pública após a série de ataques a ônibus e veículos de concessionárias de serviço público na Capital. Para ele, é necessário investir em ações de inteligência para combater a criminalidade no Estado.
O deputado Carlos Matos (PSDB) anunciou, durante o segundo expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (19/04), que a primeira ação como presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional, Recursos Hídricos, Minas e Pesca da AL será uma viagem à Israel, no dia 20 deste mês.
O deputado Sérgio Aguiar (PDT) avaliou, nesta quarta-feira (19/04), durante o primeiro expediente da sessão plenária, a redução da taxa básica de juros (Selic) de 12,25% para 11,25% ao ano. A decisão foi tomada em reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (Bacen) na última semana.
A deputada Rachel Marques (PT) comentou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quarta-feira (19/04), a rejeição de requerimento que pedia regime de urgência para a apreciação da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados.
O deputado Dr. Santana (PT) avaliou, durante o primeiro expediente da sessão plenária desta quarta-feira (19/04), que o Congresso Nacional não tem legitimidade para modificar a Constituição - notadamente no caso da reforma política. “Os que estão lá representam um sistema política que ruiu. Não estão lá para defender os interesses da nação”, criticou.
O deputado Ely Aguiar (PSDC) manifestou preocupação, no primeiro expediente da sessão plenária desta quarta-feira (19/04), com as propostas de reforma política que estão em discussão no Congresso Nacional.
O deputado Odilon Aguiar (PMB) destacou, durante o segundo expediente da sessão plenária desta terça-feira (18/04), que vai apresentar uma emenda à mensagem do Governo do Estado que dispõe sobre a isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos taxistas para incluir também a categoria dos mototaxistas.
Página 1 de 359

Portal do Servidor

Comitê / Frente

Enquete

Feriados prolongados e consecutivos podem afetar a economia do Estado ?

Sim, pois geram a redução de receitas das atividades produtivas - 31.3%
Não, nesses períodos há um incremento do turismo e consequentemente da arrecadação - 68.7%
A votação para esta enquete foi encerrada em: %24 %b %2017 - %10:%Abr


 

  29ª Legislatura - Assembléia Legislativa do Ceará                                                                                    Siga-nos:

  Av. Desembargador Moreira, 2807 - Bairro: Dionísio Torres - CEP: 60.170-900 

  Fone: (85) 3277.2500