Notícias

Alece recebe Certificação Ouro de Qualidade na Transparência, sendo a 5ª mais transparente do Brasil

Por ALECE
30/11/2023 16:20 | Atualizado há 2 meses

Compartilhe esta notícia:

- Foto: José Leomar

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará (Alece) recebeu, nesta quinta-feira (30/11), Certificação Ouro de Qualidade em Transparência 2023, emitido pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), figurando como a 5ª casa legislativa estadual mais transparente do País. O presidente da Alece, deputado Evandro Leitão (PDT), recebeu o certificado das mãos do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE), Valdomiro Távora, além do presidente e do presidente eleito da Atricon, Cezar Miola e Edilson de Sousa Silva, respectivamente.

A entrega dos certificados aconteceu em cerimônia realizada no III Congresso Internacional dos Tribunais de Contas, no Centro de Eventos do Ceará, e também contemplou prefeituras e órgãos públicos que têm programas e ferramentas para a disponibilização de dados e informações públicas para a população. No levantamento realizado no Programa Nacional de Transparência Pública (PNTP) em 2023, a Alece atingiu índice de transparência de 88,72%, garantindo a certificação ouro. 

“É o segundo reconhecimento da Alece neste ano. Em maio, fomos apontados no ranking da Transparência Internacional Brasil como a quarta casa legislativa estadual mais transparente. Agora, estamos entre as cinco mais transparentes do Brasil pelos critérios da Atricon. Isso, para além do certificado, faz com que nós passemos para a sociedade cearense que ela tem que nos cobrar, ela tem que nos fiscalizar, até por questões preventivas, não apenas pelas ações corretivas. E os tribunais de contas de todo o País têm essa missão de, junto à sociedade, fazer o trabalho preventivo e corretivo em todos os entes que fiscaliza”, evidenciou o presidente da Alece.

Em seus agradecimentos, Evandro Leitão destacou a atuação da Controladoria do Legislativo cearense. “Na pessoa da gestora da Controladoria, Sílvia Helena Correia, eu saúdo todos os que fazem a Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, agradeço pelo trabalho, empenho e dedicação, porque só assim nós vamos ter o reconhecimento, para além do certificado, da sociedade cearense e da sociedade brasileira”. 

O presidente ressaltou ainda a necessidade da transparência nos atos públicos. “Nós, como gestores públicos, temos que ter em mente a compreensão de que o mundo está mudando. Precisamos ir além das nossas funções fundamentais. No caso do Legislativo, temos que abrir ainda mais a Assembleia para a sociedade, para que as pessoas tenham conhecimento do que está sendo feito pelos seus representantes e pelo Parlamento, institucionalmente”. 

METODOLOGIA

A pesquisa de âmbito nacional avaliou as informações disponibilizadas em 8.045 portais, pertencentes aos três poderes, tribunais de contas, ministérios públicos e defensorias públicas das unidades da federação, além de incluir sites de estatais dependentes e independentes. 

Conforme índice de transparência alcançado na pesquisa, os sites públicos são classificados em diferentes categorias: Diamante, Ouro, Prata, Elevado, Intermediário, Básico, Inicial ou Inexistente. Apenas os portais das categorias Diamante, Ouro e Prata são certificados pela iniciativa. 

O objetivo do levantamento é fomentar a transparência pública e estimular o aprimoramento dos portais no País, por meio da análise da transparência ativa, isto é, aquela por meio da qual se disponibilizam dados de forma espontânea, independentemente de solicitação do cidadão. 

Os dados da pesquisa de âmbito nacional podem ser acessados no Radar da Transparência Pública.

 

Da Redação/com Assessoria

Veja também